Blog do Dresch

9 de novembro de 2018

Fazenda analisa antecipação do décimo

Caberá ao governador Renan Filho e ao secretário do Estado da Fazenda, George Santoro, a decisão de antecipar a liberação do décimo-terceiro salário para os funcionários públicos. O pedido foi protocolado pela Federação do Comércio na Fazenda Estadual, e segundo a assessoria da Sefaz, será tratado como prioridade. O secretário Santoro está viajando, mas quando retornar discutirá a questão com o governador de Alagoas.

Fazenda estuda antecipação 2

A Federação do Comércio de Alagoas encaminhou o pedido de antecipação do abono seguindo a decisão de anos anteriores e que possibilitou um aumento considerável nas vendas dos comerciantes e empresários neste período de fim de ano. A entidade alega também a instabilidade econômica do país com alguns setores apresentando baixo crescimento. A antecipação do décimo aos funcionários públicos estaduais atenderia plenamente aos interesses da classe empresarial de Alagoas.

STF julga Lula este ano

A possibilidade da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) julgar ainda este ano um habeas corpus em favor do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é bem concreta. A defesa pede a soltura de Lula sob o argumento de que o juiz Sergio Moro não agiu com imparcialidade. O ministro Edson Fachin confirmou a possibilidade “desde que os prazos sejam cumpridos”. Moro e o Tribunal Regional Federal da 4ª Região tem cinco dias cada um para se manifestar, e em seguida é a vez da Procuradoria-Geral da República se pronunciar, em um prazo semelhante. Fachin considera ainda que o caso deve ser julgado pela Segunda Turma, e não pelo plenário do STF, como defende outro ministro, Gilmar Mendes. Lula está preso desde o dia 7 de abril na superintendência da Polícia Federal em Curitiba.

Segunda parcela do décimo

Aposentados e pensionistas vinculados ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) receberão a segunda parcela do décimo-terceiro salário a partir do próximo dia 26 até o dia 7 de dezembro. A primeira parcela, correspondente a 50% do benefício foi paga em agosto, em um total de 29,7 milhões de benefícios que receberam R$ 20,7 bilhões. Nesta segunda parcela do décimo, haverá o desconto do Imposto de Renda, alertou o INSS.

Agressões a liberdade

Nos últimos doze meses, aconteceram pelo menos 41 agressões a liberdade de expressão, incluindo casos de censura e de autocensura. Os episódios aconteceram em todas as regiões do país. A maioria teve origem em decisões judiciais, mas existiram também situações decorrentes da iniciativa de policiais, promotores e prefeitos, bem como de instituições privadas. A cultura foi um dos principais alvos, e apenas em São Paulo uma peça teatral foi proibida, um documentário deixou de ser exibido e jovens foram impedidos de entrar em uma exposição, mesmo acompanhados dos pais.

 

Agressões a liberdade 2

Várias outras manifestações foram cerceadas, como a exposição “Queermuseu” com 270 obras de arte. A mostra abordava a temática sexual e sofreu uma avalanche de protestos na internet. Outros episódios de censura à liberdade seriam as proibições de manifestações em universidades brasileiras antes do segundo turno das eleições, o impedimento do ex-presidente Lula conceder entrevistas, entre outros episódios. O levantamento foi da Folha de São Paulo.

 

 

  • A história de Alagoas, sua gente e seus costumes, devidamente retratados por profissionais do Fotojornalismo, ganha hoje uma mostra, cujos trabalhos ficarão expostos até 9 de dezembro, no Memorial da República, em Jaraguá.
  • A 3ª Mostra de Fotojornalismo e Vídeo de Alagoas, traz imagens do que foi notícia em 2017 e 2018. Os trabalhos traduzem os acontecimentos que marcaram, no período, a história de Alagoas e dos alagoanos.
  • A exposição é uma promoção da ARFOC-AL (Associação de Repórteres Fotográficos e Cinematográficos do Estado de Alagoas).
  • Para o presidente da entidade, Ailton Cruz, a mostra retrata o objetivo da Associação, que é o de valorizar o trabalho profissional e ao mesmo tempo contar, através de imagens, a história da nossa terra.
  • A exposição conta com o apoio da Prefeitura de Maceió, Secretaria do Estado da Cultura, da World View, Elege Corretora de Seguros e Casas Jardim.