Roberto Baia

15 de outubro de 2020

Enredo de filme pornô

Imagine a cena: um deputado federal insinua que um vereador é gay e em resposta o adversário político pede para passar duas horinhas com a esposa dele. É incrível, mas essa baixaria que está mais para um enredo de filme pornô aconteceu em Alagoas, caiu nas redes sociais e envolve duas figuras de famílias tradicionais de cidades do litoral sul. São os protagonistas dessa infâmia política o deputado federal Marx Beltrão e o vereador de Jequiá da Praia João Sampaio.

 

Caiu nas redes sociais

Em um vídeo que circula em grupos de Whatsapp, o deputado federal Marx Beltrão usa o microfone para insinuar que o vereador João Sampaio é homossexual.

Apresentada de forma debochada e cobrada como se fosse uma explicação devida ao povo, ao invés da prestação de contas das atividades no parlamento ou dos trabalhos desenvolvidos ao longo do mandato, a suposta orientação sexual do edil entrou na pauta da campanha durante comício realizado em Jequiá da Praia na noite de 11 de outubro, véspera da celebração a Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil.

 

“Barba no pescoço”

“Eu queria dizer o seguinte: João, você é vereador, é um cara que era pra ser respeitador, mas você é acostumado a andar armado, com porte de arma – que ele diz pra todo mundo –, anda com 3, 4 seguranças, mas João…nas madrugadas que você está sozinho, tu bem que gosta de uma barba no teu pescoço né?”, ironiza o deputado federal em cima do palanque, depois de chamar o adversário político de garoto de recado e dizer que João havia ameaçado um candidato do grupo da situação.

 

Família rachada

Em Jequiá da Praia, a prefeita Jeannyne Beltrão tenta a reeleição. Ela é irmã de Marx Beltrão e tem como principal adversário nas eleições deste ano o candidato Felipe Jatobá, nome apoiado por Marcelo Beltrão, ex-prefeito de Jequiá da Praia, atualmente deputado estadual e candidato a prefeito de Coruripe, onde enfrenta o primo Maykon Beltrão, irmão de Marx.

 

“Morde fronha”

Nesse cenário do racha na família que comanda prefeituras do Litoral Sul de Alagoas e do Baixo São Francisco, o preconceito ganha voz nos palanques. “Conta isso pro povo, tu bem que gosta! Nas madrugadas, João Sampaio, que você morde fronha, explica isso pro povo João! Assuma!”, afirma o deputado federal e ex-ministro do Turismo, para delírio da plateia que aplaude e mostra apreço pelo discurso homofóbico, palavras que reforçam a ideia sobre a orientação sexual indicar se qualquer pessoa merece, ou não, ser digna de confiança e respeito.

 

Machismo

Também chamado de ‘garoto de recado’ por Marx Beltrão, o vereador João Sampaio rebateu o trecho do discurso com uma resposta concluída no mesmo nível de baixaria e preconceito machista.

Na resposta, o vereador diz que a insinuação foi feita por Marx “não ter o que mostrar de sua irmã na administração durante quatro anos”. João Sampaio diz que tem sua vida pessoal, intelectual e profissional é bem resolvida, concluindo o que chamou de ‘papo reto’, pedindo que o deputado federal traga a esposa (de Marx) até ele, recorrendo à mesma estratégia de tentar conquistar o eleitorado por meio do preconceito.

 

“Esposa emprestada”

“Se eu fosse solteiro, você (Marx) que corre muito e deve estar deixando sua esposa desassistida, traga ela aqui em casa, duas horinhas…eu devolvo ela do jeito que eu encontrei. Aí você pergunta a ela quem é que morde fronha”, diz o político que informa seu endereço e mostra o mesmo defeito do membro da bancada federal alagoana.

 

Pediu autorização

João Sampaio ressalta que pediu autorização de sua esposa, Kelly Rocha Sampaio, sobre o convite que faz à esposa de Marx Beltrão, divulgado em seu perfil no Instagram. No registro com mais de três mil visualizações e dezenas de comentários, o vereador diz ainda ter vários amigos homoafetivos, inclusive em sua família.

 

Expectativa em Arapiraca

O cenário político em Arapiraca, cidade que possui o segundo maior colégio eleitoral de Alagoas, continua tenso e intranquilo. A expectativa é quando ao julgamento da expulsão de Luciano Barbosa do MDB, prevista para ocorrer no próximo dia 21, de acordo com informações de dirigentes do partido na capital.

 

Intensificou campanha

Em Arapiraca, Luciano intensificou a campanha nas ruas e tem chamado muito atenção dos eleitores por onde passa. Na noite de ontem, Luciano Barbosa e sua candidata à vice-prefeita, Rute Nezinho, além de um grande número de candidatos a vereador e correligionários passaram em carreata pelas principais ruas do populoso bairro, como se nada estivesse acontecendo nos bastidores, dando pouca importância a um movimento que pode culminar com a sua expulsão do MDB, fato que segundo especialistas seria o fim da sua campanha rumo a Prefeitura de Arapiraca.

 

 

… E o vice-governador Luciano Barbosa parece não se importar com a movimentação do diretório estadual e nacional que querem expulsá-lo do partido.

 

… Pelas ruas da cidade, onde tem feito campanha durante todo o dia, Barbosa segue em frente, na certeza de que a Justiça lhe dará ganho causa e ele será eleito prefeito, podendo em seguida ficar a vontade para se filiar a outro partido, de preferência que seja ligado a oposição em relação ao Governo de Alagoas.

 

… Luciano também não dá a mínima para os ataques dos Calheiros, pai e filho, que o chamam de traidor. Não os traí. Fui apunhalado covardemente pelas costas por pessoas que eu julgava amigos”, teria dito Barbosa a um assessor que repassou a informação e pediu anonimato.

 

… “Se continuasse no governo continuaria sendo apunhalado até a morte. Insurgi e decidi que o melhor caminho era disputar as eleições em  Arapiraca para ajudar a população que passou grandes dificuldades com a inércia da administração municipal”, confidenciou Barbosa ao amigo.