Saúde

13 de setembro de 2019 16:41

Prefeitura de Maceió leva serviços para população em situação de rua

Atividades ocorreram na Praça Marcílio Dias, em Jaraguá, e mobilizaram aproximadamente 100 pessoas

↑ Percussão com o Batuque Mundaú (Foto: Ascom / SMS)

Recreação, cuidados com a beleza, rodas de conversa e acesso a serviços de saúde foram algumas das ações levadas a pessoas em situação de rua na quinta-feira (12) pelo Programa Consultório na Rua, da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). As atividades ocorreram na Praça Marcílio Dias, em Jaraguá, e mobilizaram aproximadamente 100 pessoas, que receberam cuidados e orientações sobre direitos nas mais diversas áreas.

Luana Vieira é moradora de rua e Coordenadora Estadual do Movimento da População em Situação de Rua em Alagoas. Para ela, esse tipo de iniciativa é fundamental para dar acesso a diversos direitos. “Nós que vivemos na rua somos muito invisíveis e até considerados marginais por algumas pessoas. A vida é difícil. É uma luta constante para garantir os direitos de todos os nossos companheiros. É uma batalha muito grande e não podemos desistir. A parceria do Consultório na Rua é muito importante, é um prazer imenso sempre poder participar do que eles fazem por nós, eles sempre estão conosco”, afirma.

A programação conta com rodas de conversa sobre temas cotidianos de pessoas em situação de rua, como garantia de direitos, violência, acesso à saúde e luta pela proteção da vida; ofertas de serviços de saúde, como testes rápidos e aferição de pressão; construção de painéis, atividades físicas; banho solidário; dança; espaço de beleza com cortes de cabelo e manicure, distribuição de lanches e apresentação do Batuque Mundaú, grupo de percussão criado em 2014, formado em sua maioria por jovens e adolescentes da comunidade Mundaú, do Vergel do Lago.

“Nosso objetivo hoje é desenvolver um dia de serviços para este público, apoiando a luta por garantia de direitos dessa população. Então nós fomos fazendo o convite a essas pessoas em diversas localidades que sabíamos que concentram população de rua e fomos trazendo alguns para cá para participar dessas atividades que englobam, além da área de Saúde, a Assistência Social e a Educação”, destaca a coordenadora do Consultório na Rua, Jorgina Sales.

Sobre os avanços que o município tem alcançado em relação a essa população, Jorgina destaca: “o principal avanço é o acesso. Nós, enquanto Saúde, estamos dando a possibilidade de termos uma equipe de saúde atuando no espaço da rua, então a gente consegue ampliar muito o acesso e o cuidado a essas pessoas, dando visibilidade e voz a essa população, identificando suas necessidades ampliadas de saúde e suas dificuldades”, reforça.

A ação ocorreu em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) e Secretaria Municipal de Trabalho, Abastecimento e Economia Solidária (Semtabes).

Dia Nacional de Luta da População em Situação de Rua

Rafael Machado é Coordenador Nacional do Movimento da População de Rua e para ele, o evento dessa quinta fez parte da luta do Dia Nacional de Luta da População de Rua, celebrado dia 19 de agosto. “Fomos para Brasília participar da marcha da população de rua e agora estamos aqui realizando essas atividades de hoje. Receber essa ação é muito importante para nós e o Consultório na Rua tem sido um grande parceiro na questão de acesso a serviços, porém é essencial que essa população continue participando do movimento para que as políticas que visam garantir direitos a quem vive na rua possam ser implantadas”, destaca.

Fonte: Ascom SMS / Texto: Ana Cecília da Silva

Comentários

MAIS NO TH