Saúde

26 de setembro de 2018 17:40

Outubro Rosa conscientiza sobre câncer de mama

Ação acontece na comunidade do Vergel nos dias 29 e 30 de setembro e 1º e 2 de outubro

↑ Imagem: Divulgação

O Hospital Universitário Professor Alberto Antunes (HUPAA) realiza, a partir do dia 29 de setembro ações da Campanha Outubro Rosa, com o objetivo de conscientizar a população sobre o câncer de mama, tumor maligno de grande risco para o público feminino. Mulheres entre 45 e 55 anos são mais propícias a adquirir a doença. Segundo Pérsis de Oliveira, mastologista do HU, a chance de cura está interligada ao rápido diagnóstico. “Quanto mais precoce o tratamento, há mais chances de cura”, assegura.

Visando aproximar as mulheres do conhecimento do próprio corpo, da sua mama, é que, nos dias 29 e 30 de setembro, das 8h às 12h, uma equipe de profissionais da área de saúde do Hospital Universitário, formada por ginecologistas, mastologistas e residentes de medicina, oferecerão para as mulheres da comunidade do Vergel palestras e exames de rastreamento mamário.

Reforçando a necessidade da prevenção, o médico Persis de Oliveira fala sobre o acesso da sociedade à saúde, sobretudo, a população mais pobre. Segundo o mastologista, o maior índice de lesão avançada do câncer de mama está na população mais carente. “Por isso que a comunidade do Vergel foi escolhida”, pontua.

Além dos dias 29 de 30 de setembro, o Projeto Outubro Rosa do HUPAA realizará outras atividades, abertas ao público, nos dias 1º e 2 de outubro, no auditório do hospital. As inscrições podem ser feitas online clicando aqui.

Riscos

Genética, alimentação, estresse e excesso de peso são inseridos como fatores de risco condicionantes ao aparecimento do câncer de mama. José Humberto Chaves, médico do HU, ressalta que, como forma de prevenção, é também necessário praticar atividades físicas, evitar o álcool e o cigarro. Ele pontua que as mulheres que necessitam de reposição de hormônios precisam de uma avaliação detalhada antes de iniciar o tratamento, já que esta terapia hormonal pode ser um desencadeador do câncer de mama. “Se a paciente tem predisposição para o tumor, o ideal é não fazer a terapia de reposição de hormônio”, afirma.

Tratamento

Disponível no HU, o tratamento de combate ao câncer pode ser feito através de hormônio, cirurgia, quimioterapia e radioterapia. Caso a paciente necessite retirar a mama, é possível fazer a reconstrução do órgão no próprio hospital, através do aproveitamento de tecidos do abdômen e das costas. Como medida preventiva, o HUPAA disponibiliza também mamografias e ultrassonografias mamárias.

Serviço

O quê: Projeto Outubro Rosa no HUPAA

Quando e Onde: 29 e 30 de setembro (Comunidade do Vergel); 1º e 2 de outubro (HU)

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH