Política

15 de abril de 2021 09:02

Moro participa de reunião privada com embaixador dos EUA sobre Amazônia

Todd Chapman sinalizou que cúpula de Biden será a última chance de Bolsonaro em metas ambientais; ex-juiz questionou sobre papel do setor privado no tema

↑ Sergio Moro (Foto: Reprodução)

Fora do governo Bolsonaro há quase um ano, o ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, participou de uma reunião virtual privada no domingo (11) com o embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Todd Chapman, assim como políticos, economistas, diplomatas e empresários brasileiros.

Segundo reportagem da Folha de S.Paulo, o encontro foi promovido pelo Grupo Parlatório, que relata que Chapman foi firme em dizer que o meio ambiente vai nortear as relações entre Brasil e Estados Unidos nos próximos anos.

Chapman teria afirmado ainda que acordos comerciais entre os dois países, como a entrada do Brasil na OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), dependem do plano que o governo Bolsonaro vai apresentar na Cúpula de Líderes sobre o Clima, organizada pelo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, entre os dias 22 e 23 de abril.

Ainda segundo o jornal, Moro teria perguntado na reunião se havia algo que o setor privado pudesse fazer caso o governo brasileiro não cooperasse com o meio ambiente. Chapman teria respondido que muitas empresas americanas estão exigindo uma resposta mais assertiva por parte da gestão brasileira.

Recentemente, Moro assumiu a posição de sócio-diretor da consultoria estadunidense Alvarez & Marsal (A&M), que atua no Brasil na recuperação judicial do grupo Odebrecht, um dos principais investigados da Operação Lava Jato.

Fonte: Revista Fórum / Luisa Fragão

Comentários

MAIS NO TH