Política

14 de setembro de 2018 10:23

Sem Terra realizam Festival pela Democracia em Atalaia

Atividades culturais, bingo e debates marcam passagem da Caravana Sem Terra em Defesa de Lula

↑ Marcha Nacional Lula Livre (Foto: Juliana Adriano)

O próximo domingo (16) será marcado por uma diversidade de atividades em defesa da democracia no Povoado Ouricuri, na cidade de Atalaia, na Zona da Mata Alagoana. Atividades culturais, bingo e debates marcam o Festival pela Democracia, na passagem da Caravana Sem Terra em Defesa de Lula na região que concentra grande número de acampamentos e assentamentos da Reforma Agrária.

Com atividades durante todo o dia, o Festival marca ainda o lançamento da candidatura de Fernando Haddad à Presidência da República pelo Partido dos Trabalhadores (PT) e de sua vice, Manuela D’Ávila (PCdoB), substitutos de Lula na disputa eleitoral pela coligação “O Povo Feliz de Novo”.

Margarida da Silva, da Direção Nacional do MST e assentada na região, ressaltou a importância do momento para o diálogo com a população em torno do momento que estamos vivendo.

“Nossa atividade vai trazer a arte e a cultura para dialogar com a população que vive no povoado e em todas as nossas áreas o que nós queremos construir nesse processo eleitoral: um grandioso período de trabalho de base, politizando e usando nossa criatividade para eleger Haddad e Manuela em outubro”, destacou.

De acordo com a dirigente Sem Terra, a atividade deve contar ainda com a participação de diversas autoridades, parceiros, amigos do Movimento e apoiadores de Haddad na região.

“Essa é mais uma de uma série de atividades que o MST já está desenvolvendo em todos os municípios em que estamos organizados”, explicou Margarida, referindo-se à Caravana Sem Terra em Defesa de Lula e da Democracia que já realizou ações em todas as regiões do estado.

“Pretendemos organizar mais atividades culturais e de diálogo com a população, debatendo sobre a importância das eleições de 2018, de denunciarmos o Golpe e eleger candidaturas comprometida com a luta dos trabalhadores do campo e da cidade”.

O Festival deve reunir centenas de pessoas no povoado. A programação conta com a apresentação de grupos culturais da própria região, além do artista Sem Terra, Bento Forrozeiro, assentado da Reforma Agrária que se apresenta durante o Festival com o melhor do forró pé-de-serra.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH