Política

9 de março de 2017 08:43

'Máfia do lixo': Cícero Almeida depõe hoje no Supremo

Parlamentar é acusado de, através de contratação ilegal de duas empresas coletoras de lixo, ter desviado R$ 200 milhões, quando foi prefeito de Maceió

O deputado federal Cícero Almeida (PMDB) depõe sobre a “Máfia do Lixo” hoje, no Supremo Tribunal Federal (STF). O parlamentar é réu na ação penal (AP) 956 que julga o caso. O relator da ação é o ministro Dias Toffoli.

Seu depoimento, num primeiro momento, foi marcado para o período eleitoral do ano passado, mas adiado a pedido de seu advogado, Nabor Bulhões.

Cícero Almeida é acusado de, através de contratação ilegal de duas empresas coletoras de lixo, ter desviado R$ 200 milhões, quando foi prefeito de Maceió.

O STF também ouvirá uma série de testemunhas de defesa. Algumas já depuseram ontem (8).

As doze testemunhas de defesa de Cícero Almeida arroladas são: Paulo Valter Gondin, Max Luciano da Rocha Trindade, Elionaldo Maurício Magalhães Moraes, Luiza Beltrão Soares, Carlos Roberto Lima Marques, Fernando Sérgio Tenório de Amorim, Marcelo Henrique Brabo Magalhães, João Lipo Neto, Niradelson Salvador da Silva, Hiran Calheiros Malta, Carlos Roberto Ferreira Costa e Carlos Alberto Marques dos Anjos.

O relator da AP 956 está inserida noInquérito 3959, segundo o site do STF, cujo relator é o ministro Roberto Barroso.

A reportagem tentou contato com Cícero Almeida, mas seu telefone celular estava desligado. Contudo, em junho de 2016, quando a primeira data do depoimento foi marcada, ele afirmou à Tribuna que “durante todos esses anos, nunca fui ouvido apenas execrado. Agora vou mostrar o que aconteceu a quem de direito e a verdade virá à tona”.

Fonte: Tribuna Independente

Comentários

MAIS NO TH