Polícia

16 de agosto de 2019 17:34

Idosa de 79 anos é encaminhada a abrigo após intervenção de agentes do Ronda no Bairro

Guarnição foi acionada depois que a mulher foi avistada por populares na companhia do filho, que, segundo eles, a estaria maltratando

↑ Segundo os denunciantes, o homem teria segurado a mãe pelo braço com brutalidade e caminhava rapidamente com ela pela região, apesar da 'aparência de cansaço' da mesma e do 'andar arrastado' (Foto: Ascom Ronda no Bairro)

Uma mulher de 79 anos foi atendida por uma equipe de agentes do Programa Ronda no Bairro, do Governo do Estado, e encaminhada a um abrigo, na quinta-feira (15), após denúncia de populares de que a mesma estaria sendo vítima de maus-tratos por parte do filho na Praça dos Martírios, no Centro de Maceió.

Segundo os denunciantes, o homem teria segurado a mãe pelo braço com brutalidade e caminhava rapidamente com ela pela região, apesar da “aparência de cansaço” da mesma e do “andar arrastado”. Ao chegar ao local, os agentes abordaram os envolvidos e o homem, de 50 anos, alegou que estavam se dirigindo à casa de uma neta da mulher, na comunidade do Bolão, no bairro do Farol.

Em virtude das condições em que a idosa foi encontrada – unhas e roupas sujas com manchas de sangue, além de mau cheiro -, os agentes decidiram ir até o local indicado como residência dela, no bairro Bom Parto, acompanhados da equipe social do Centro. Lá se depararam com um ambiente insalubre e, apesar do filho ser administrador da sua aposentadoria, foram informados de que já não havia nenhum dinheiro em caixa, em virtude de gastos e empréstimos retirados em seu nome, o que fez com que a equipe iniciasse busca por algum local que pudesse abrigá-la.

Ao final, foi realizado o encaminhamento para o Serviço de Acolhimento para Jovens e Adultos em Situação de Rua, da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), sendo articulado que o caso deverá ser posteriormente levado ao Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) e ao Conselho do Idoso, que, juntamente com a coordenação do Serviço de Acolhimento, buscarão abrigo para a mesma no Lar Santo Antônio de Pádua, no Village II.

O filho da idosa não foi preso, mas deverá responder por maus-tratos de incapaz e abandono de vulnerável.

Fonte: Agência Alagoas / Texto: Alexandre Barbosa

Comentários

MAIS NO TH