Mundo

30 de novembro de 2019 20:30

Polícia holandesa detém homem de 35 anos suspeito de ataque contra adolescentes em Haia

Três adolescentes, duas garotas e um garoto, ficaram feridos e receberam alta após atendimento; suspeito será interrogado pela polícia

↑ Rua comercial decorada para o fim de ano em Haia, na Holanda, precisou ser isolada após ataque com faca na sexta-feira (29) (Foto: Phil Nijhuis / AP)

A polícia holandesa informou neste sábado (30) que prendeu um homem de 35 anos, suspeito de esfaquear três adolescentes em uma rua no centro de Haia, na sexta-feira à noite (29).

A polícia disse que o suspeito foi levado para um posto policial para ser interrogado.

As três pessoas feridas, duas adolescentes de 15 anos e um de 13 anos, tiveram alta.

A rede de televisão holandesa NOS citou duas testemunhas que disseram que as garotas corriam desesperadas da rua para uma loja próxima para se refugiar.

Uma das testemunhas disse que um homem “atlético” fugiu do local, saltando facilmente sobre obstáculos.

A área foi isolada por horas enquanto equipes de primeiros socorros ajudaram as vítimas, e a polícia procurava por pistas no local.

Haia, Holanda

Haia é a terceira maior cidade holandesa em população, com cerca de 1 milhão de habitantes na região metropolitana, e fica muito próximo de Roterdã, um dos principais portos da Europa. A cidade onde ocorreu o incidente desta sexta-feira também sedia a Corte Internacional de Justiça.

O incidente ocorreu no mesmo dia em que um homem esfaqueou pessoas na London Bridge, em Londres, e deixou duas pessoas mortas de acordo com a rede BBC. Em seguida, os policiais atiraram no suspeito de ter cometido o ataque, que também morreu.

Fonte: Reuters e G1

Comentários