Mundo

9 de março de 2019 19:46

Queda de avião na Colômbia deixa ao menos 12 mortos

Entre os passageiros que estavam na aeronave, havia um menor de idade

↑ Entre os passageiros estariam a prefeita do município de Taraira (Foto: Reprodução)

Pelo menos 12 pessoas, entre elas um menor de idade, morreram neste sábado após a queda de um avião modelo DC-3 da companhia aérea Laser no departamento (estado) de Meta, na região central da Colômbia informaram fontes oficiais.

“Temos confirmadas 12 pessoas mortas. Temos 10 passageiros, incluindo um menor de idade, e piloto e copiloto”, disse a jornalistas o tenente Fernando Martínez, coordenador da União Nacional para a Gestão do Risco de Desastres (UNGRD) em Villavicencio, capital de Meta.

Segundo a Aeronáutica Civil, o avião de matrícula HK-2494, que fazia a rota entre San José del Guaviare, capital do departamento de Guaviare, e Villavicencio “se declarou em emergência” por volta das 10h40 (horário local, 12h40 em Brasília) pelo qual “todos os protocolos de atenção e busca foram ativados”.

“De acordo com informações preliminares, a aeronave foi encontrada na aldeia de La Bendición”, acrescentou a Aeronáutica Civil.

Entre os passageiros estariam a prefeita do município de Taraira (departamento de Vaupés), Doris Villegas, seu marido, Alejandro Fonseca, e uma filha de ambos.

O coordenador da UNGRD informou que membros da Cruz Vermelha e bombeiros da região foram enviados a La Bendición, que faz parte do município de San Martín (Meta).

Os DC-3, de fabricação americana, entraram em circulação nos Estados Unidos em 1935, mas mais de 80 anos depois ainda há algumas dessas aeronaves em operação em áreas remotas da Colômbia, principalmente para voos na região dos Planos Orientais.

O Departamento de Investigação de Acidentes da Aeronáutica Civil se prepara para iniciar o procedimento estabelecido pela Organização de Aviação Civil Internacional (ICAO) para esclarecer as possíveis causas do acidente.

Fonte: R7

Comentários

MAIS NO TH