Mundo

12 de julho de 2018 12:11

Idoso tem copo de metal preso ao ânus após ser assaltado e violentado

Indiano de 62 anos identificado como Ramdin procurou ajuda médica após sentir fortes dores no reto e abdômen; ele passou por cirurgia e recebeu alta

↑ Foto: Divulgação/Metro.co.uk

Um homem foi socorrido às pressas após ficar com um copo de metal preso no ânus. Informações
do jornal Metro apontaram que o idoso de 62 anos, identificado somente como Ramdin, procurou
ajuda médica no último mês afirmando que “havia sido roubado e que desconfiava que assaltantes
inseriram um objeto metálico no traseiro dele”.

O idoso, que reside em Dibiyapur, na Índia, relatou que estava na sua casa quando assaltantes
invadiram o local e roubaram cerca de dois mil reais que havia recebido da venda de uma
motocicleta velha. Ramdin garantiu que, além de ter o dinheiro roubado, foi atacado pelos
criminosos, acordando no dia seguinte com um copo de tamanho médio preso no ânus.

Procedimento cirúrgico para retirada de copo preso no ânus de indiano

Os médicos responsáveis pelo atendimento explicaram que o indiano foi sozinho até o Hospital
Rama, na cidade de Kanpur. A equipe alegou que o idoso reclamou de fortes dores abdominais ,
ressaltando ter sido agredido pelos assaltantes que invadiram sua residência, vindo a desmaiar
devido à força das pancadas.

Os profissionais acrescentaram que Ramdin demorou dez dias para procurar ajuda médica, o que
intensificou as dores internas sentidas por ele, e complicou o procedimento cirúrgico por conta do
aumento de sensibilidade da área machucada.

O cirurgião sênior Dinesh Kumar alegou que “como o homem ainda estava muito confuso sobre o
que de fato ocorreu”, realizou uma ultrassonografia para identificar o problema, vindo a descobrir
que uma caneca metálica estava alojada dentro dele.

“Depois de detectarmos que havia um copo de tamanho médio alojado próximo ao intestino de
Ramdin, decidimos realizar a cirurgia com a retirada do objeto pelo ânus.

Entretanto, depois de uma hora tentando remover o corpo estranho que estava causando dor
aguda ao paciente, interrompemos o procedimento a fim de utilizarmos um método mais efetivo”,
disse.

Ramdin trabalhava como segurança na Faculdade de Medicina do governo quando foi atacado no
dia 26 de junho. Ele passou por uma cirurgia feita via estômago com duração de duas horas. O
indiano se recuperou bem do procedimento de remoção de copo que Öcou preso no ânus dele e
recebeu alta do hospital na última quarta-feira (4).

Fonte: iG

Comentários

MAIS NO TH