Interior

3 de dezembro de 2021 12:19

Tribuna retifica matéria sobre suposta sonegação de impostos por parte de multinacional

Quanto aos valores cobrados a título de IPTU, a empresa esclarece que o processo está em tramitação, cabendo, no momento, recurso para o Tribunal de Justiça do Estado de Alagoas

Diante da inconsistência das informações publicadas em matéria referente à empresa TIMAC Agro, a TRIBUNA retifica o teor da reportagem publicada no dia 26 de novembro, principalmente no que tange sonegação de impostos e suposta declaração de prejuízos.

Desta forma, esclarecemos os seguintes pontos:

Não há sonegação por parte da TIMAC Agro.  O fato é que a empresa optou em discutir judicialmente a cobrança de alguns impostos e taxas municipais que julga indevidos, sendo que, até o momento, não há qualquer decisão final acerca destas ações judiciais.

Quanto aos valores cobrados a título de IPTU, a empresa esclarece que o processo está em tramitação, cabendo, no momento, recurso para o Tribunal de Justiça do Estado de Alagoas e que o montante em discussão se encontra devidamente depositado em juízo, fato que afasta a inverídica alegação de suposta inadimplência e sonegação atribuídos à empresa.

Por fim, ressalta-se que em momento algum a TIMAC Agro declarou prejuízos em suas vendas, não havendo divulgação de balanço econômico específico da unidade de Santa Luzia do Norte, o que, por consequência, compromete por completo a veracidade da informação divulgada anteriormente.

 

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH