Interior

1 de dezembro de 2021 16:36

Estudante de São José da Laje morreu de patologia cardíaca, afirma IML

Médico legista, Fernando Marcelo de Paula disse que queda da criança foi em consequência da crise provocada pela doença cardíaca que ela tinha

↑ Bruno Silva morreu durante confraternização na escola (Foto: Redes sociais)

O estudante do município de São José da Laje, identificado pelas iniciais B. J. S, foi vítima de morte clínica em decorrência de uma patologia cardíaca. O resultado da necropsia foi divulgado na tarde desta quarta-feira (1) pelo Instituto de Medicina Legal Estácio de Lima (IML de Maceió) após a conclusão do exame cadavérico.

De acordo com o perito médico legista, Fernando Marcelo de Paula, o exame cadavérico confirmou que o menino de 10 anos morreu devido a uma pericardite constritiva. Essa patologia ocorre quando há espessamento do pericárdio, com restrição do enchimento diastólico do coração, evoluindo para a diminuição do débito cardíaco.

“A queda foi em consequência da crise provocada pela pericardite constritiva, mas a causa da morte foi patológica devido a doença preexistente,” explicou o Fernando Marcelo.

O médico legista ainda explicou que geralmente, a causa dessa patologia é desconhecida. Mesmo com a causa da morte definida, a equipe colheu material biológico para a realização de exames toxicológicos.

Fonte: Ascom Perícia Oficial de Alagoas / Texto: Aarão José

Comentários

MAIS NO TH