Interior

23 de junho de 2021 15:35

Codevasf investe R$ 2,2 milhões em mecanização agrícola e suporte em Alagoas

Entre os itens entregues pela Codevasf estão 13 tratores agrícolas, dois caminhões compactadores, duas retroescavadeiras, 12 grades aradoras, seis carretas agrícolas e um sulcador

↑ Foto: Ilustração/Assessoria

Com objetivo de fortalecer a mecanização agrícola e o suporte a municípios alagoanos, a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) realizou a recente entrega de máquinas e equipamentos a associações de produtores e prefeituras de dez cidades do estado. Os investimentos foram de R$ 2,2 milhões, oriundos do Orçamento Geral da União e repassados à Companhia por meio de emenda parlamentar.

Entre os itens entregues pela Codevasf estão 13 tratores agrícolas, dois caminhões compactadores, duas retroescavadeiras, 12 grades aradoras, seis carretas agrícolas e um sulcador.  “Os equipamentos vão proporcionar melhores condições técnicas de trabalho para os produtores familiares, que vão poder trabalhar imediatamente na preparação do solo nesta época de chuvas e ainda conseguir uma renda familiar”, avalia o superintendente regional da Codevasf no estado, Joãozinho Pereira.

As associações de produtores beneficiadas estão localizadas nos municípios de Maravilha, Coruripe, Junqueiro, Jacaré dos Homens e Girau do Ponciano. Além das associações, as prefeituras municipais de Campo Alegre, Olho d’Água das Flores, Teotônio Vilela, São Sebastião e Limoeiro de Anadia também foram atendidas com maquinário. Antes das entregas dos equipamentos, técnicos da Codevasf realizam visitas às localidades para verificar a necessidade e a aplicabilidade dos bens.

“Levamos o desenvolvimento para a agricultura familiar por meio da mecanização agrícola, permitindo que as comunidades possam produzir melhor. Entre outros benefícios, essas ações ajudam a diminuir impactos econômicos gerados pela atual pandemia”, afirma Ana Helena Gomes da Silva, chefe da Unidade de Desenvolvimento Territorial da Codevasf em Alagoas.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH