Interior

3 de agosto de 2020 16:36

Passo de Camaragibe faz testes de Covid-19 em profissionais do transporte intermunicipal

Participação da categoria foi enorme, demonstrando o interesse na segurança de profissionais e passageiros

↑ Mutirão aconteceu no sábado (Foto: Reprodução)

Para reforçar as ações de enfrentamento ao novo coronavírus, a Prefeitura do Passo de Camaragibe, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realizou no último sábado (1⁰) um mutirão de teste rápidos e orientações voltado para os profissionais que atuam no transporte de passageiros no município. A participação da categoria foi enorme, demonstrando o interesse na segurança de profissionais e passageiros. As atividades aconteceram no ginásio de Esportes Hélio Jorge, no bairro da Gameleira, e contou com a presença da prefeita Vânia Câmara.

O taxista Erivan dos Santos ressaltou a importância da ação. “Isso oferece mais segurança para os passageiros e para os taxistas, sabendo que estamos tendo esse acompanhamento”, lembrou. A prefeita Vânia Câmara reforçou junto aos profissionais que retornaram ao trabalho depois de 4 meses, que é importante dar segurança aos passageiros nesse momento em que pandemia ainda não está sob controle. A prefeita aproveitou para fazer um alerta. ´´Fiquem atentos aos sintomas. Febre persistente, dor de cabeça, dor de garganta, diarreia, perda do paladar e falta de ar estão relacionados à infecção pelo novo Coronavírus. Nesses casos, procure a Unidade de Referência para avaliação e siga as orientações dos médicos´´.

O Passo de Camaragibe atingiu neste sábado (1⁰) a marca de 260 casos confirmados de Covid-19. O município tem ainda 15 casos sob investigação, 205 pacientes curados e 10 óbitos decorrentes doença. O maior número de ocorrências está no centro da cidade, que tem 91 casos. A Rodagem tem 59 e a Barra de Camaragibe tem 39 casos, assim como a zona rural. O Bom Despacho soma agora 17 casos e o Marceneiro se mantém com 15 casos registrados. Os testes foram realizados pelo município e os resultados serão registrados pelo boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde nos próximos dias.

Fonte: Tribuna Hoje / Texto: Claudio Bulgarelli - Sucursal Região Norte

Comentários

MAIS NO TH