Interior

16 de julho de 2020 12:08

Galés de Maragogi reabrem para visitação nesta sexta

Atividade envolve várias empresas de catamarã e mais de 300 profissionais, entre jangadeiros e mergulhadores de corais

↑ (Foto: Cortesia)

As famosas Galés de Maragogi, principais atrações turísticas do Litoral Norte, que fazem parte da APA Costa dos Corais, liberadas para visitação desde o último dia 13, quando o ICMBio publicou portaria autorizando as visitas, devem reabrir ao público nesta sexta-feira, dia 17, segundo determinação da Prefeitura Municipal, que publicou uma série de recomendações e medidas sanitárias para a retomada do transporte aquaviário no município, atividade que envolve várias empresas de catamarã e mais de 300 profissionais, entre jangadeiros e mergulhadores de corais.

O prefeito Sérgio Lira, usando as redes sociais, afirmou que o município tomará todas as “medidas sanitárias cabíveis” para retomar o transporte aquaviário, garantindo que o serviço que leva turistas às piscinas naturais, feito através de catamarãs, lanchas e escunas, voltará a operar com muita cautela, em decorrência à pandemia da Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. Haverá restrições.

Os serviços de mergulho autônomo e guiado também obedecerão ao protocolo sanitário, que foi apresentado em reunião que aconteceu na quarta-feira (15). Vale lembrar que muitos hotéis e pousadas também já estão abertos nas diversas praias, o que, deve aumentar o número de turistas nas próximas semanas. O prefeito lembrou, ainda, que os passeios turísticos feitos por meio de veículo do tipo Buggy já foram retomados em Maragogi, mas com a metade da frota em operação.

O presidente das Operadoras de Mergulho da APA Costa dos Corais, Paulo Florido Filho, afirmou que a volta aos passeios representa uma salvação econômica para todos os profissionais envolvidos.

 “Estamos parados desde o dia 20 de março. São mais de 100 dias sem entrar nenhuma receita nas empresas. Para nós prestadores do turismo  a retomada da atividade significa a esperança de poder voltar a trabalhar, de gerar emprego e renda para comunidade local e de alavancar principalmente essa atividade tão importante para a economia local”.

PRONTOS

Ele garantiu que tanto as empresas como os profissionais estão prontos.  “Estamos prontos para receber nossos visitantes com total segurança, através do uso dos protocolos. Sabemos que essa doença causou e ainda causa muitas dificuldades em todo planeta, mas não podemos parar a vida. Precisamos saber conviver com a doença, afinal uma economia falida gera desemprego, fome e muitas mortes também. Temos que ter o bom senso em cuidar da saúde e da nossa economia”, finalizou o presidente.

Fonte: Tribuna Independente / Claudio Bulgarelli - Sucursal Região Norte

Comentários

MAIS NO TH