Interior

23 de novembro de 2017 10:40

Escola de Limoeiro resgata história dos negros e vence concurso estadual

Três documentários de alunos da Escola Estadual Francisco Domingues foram os vencedores do Concurso de Personalidades Negras de Alagoas

↑ Davi Salsa Foto: Gilberto Barbosa (cortesia)

As pesquisas de alunos para resgate da cultura e da história de negros, no município de Limoeiro de Anadia, levaram a Escola Estadual Francisco Domingues vencer a edição deste ano do Concurso de Personalidades Negras de Alagoas.

Promovido pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc), o concurso foi lançado em alusão ao Dia da Consciência Negra, comemorado em todo o Brasil no último dia 20 deste mês de novembro.

Com o tema “Comunidade estudantil: construindo a sua história”, as produções dos alunos foram divididas em duas categorias: documentário audiovisual e documentário escrito.

A Escola Estadual Francisco Domingues apresentou três documentários contando a história do Mestre do Quilombo Nelson Antônio da Silva, do artista plástico Jackson Lima e do cantor e compositor Djavan.

Os documentários foram avaliados pela comissão e pelo júri do concurso, tomando como base quesitos de argumento, criatividade, exploração da linguagem audiovisual, processo educativo e relação com o tema proposto, incentivando a pesquisa e o protagonismo juvenil nas escolas em Alagoas.

A pesquisa acerca da vida do Mestre do Quilombo Nelson Antônio da Silva conquistou o primeiro lugar e foi feita pelos estudantes Luiz Edílio Honório da Silva, Chaiane Silva dos Santos, Amanda Justino da Silva Oliveira, Dayane Santos da Silva e Rafael Santos Silva, sob a orientação do professor de História Gilberto Barbosa.

O documentário da vida do artista plástico Jackson Lima obteve o segundo lugar, e foi produzido pelos estudantes Larissa Maria dos Santos, Ramony Lopes dos Santos, Rosilene de Albuquerque Silva, Josefa dos Santos Silva e José Marcos Messias dos Santos, também com a orientação do professor Gilberto Barbosa.

A Escola Estadual Francisco Domingues também obteve o terceiro lugar, com o documentário da vida de Djavan Caetano Viana, o cantor e compositor Djavan.

A produção do documentário ficou a cargo dos estudantes Cristiane Maria dos Santos Silva, Karla Eduarda Pereira Silva, Mikaele Torres da Silva, Naelly dos Santos Campos e Poliana Maria Santos, com a orientação do professor Yago Beserra Marinho Martins.

Os três trabalhos vencedores da escola, em Limoeiro de Anadia, estão vinculados à 5ª Gerência Regional de Educação (Gere), sediada em Arapiraca, e foram premiados pelo Governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), que tem à frente o vice-governador e secretário Luciano Barbosa.

Os alunos e professores receberam certificados e viagem à Serra da Barriga, em União dos Palmares.

“O quilombo é uma releitura do palmarino e muito importante para a formação cultural de Limoeiro de Anadia, como uma rica fonte de pesquisas para os jovens que querem conhecer a fundo a história de nossa cidade”, destacou o professor Gilberto Barbosa.

O educador, recentemente, criou um grupo temático com os alunos, com a finalidade de ampliar as discussões e debates acerca da história e das manifestações da cultura negra em Limoeiro de Anadia.

Comentários

MAIS NO TH