Esporte

10 de fevereiro de 2020 22:45

Eduardo Baptista é o novo técnico do Azulão

Eduardo Baptista começou sua carreira como treinador efetivo no Sport em 2014, após algumas vezes assumir como interino

↑ Eduardo Baptista - Foto: Reprodução

Segunda-feira (10) foi um dia movimentado no CSA. Pouco depois do meio-dia, o treinador Maurício Barbieri foi informado pela direção do desligamento. A diretoria agiu rápido e no início  da noite anunciou seu substituto, Eduardo Baptista. O novo técnico tem previsão de chegada a Maceió nesta terça (11) às 11 horas. À tarde, ele já comanda o primeiro treinamento, visando a partida contra o CSE, na quinta-feira (13) pelo Campeonato Alagoano.

Currículo

Com 47 anos, Eduardo é  natural de Campinas. Formado em educação física, ele é filho de Nelsinho Baptista, também treinador de futebol.

Eduardo Baptista começou sua carreira como treinador efetivo no Sport em 2014, após algumas vezes assumir como interino.

A passagem no clube rubro-negro foi iniciada de forma vitoriosa, com a conquista do Campeonato Pernambucano e da Copa do Nordeste. Com boas colocações no Campeonato Brasileiro, ele chamou a atenção do Fluminense, para onde foi em setembro de 2015. Ele ficou no clube carioca apenas até fevereiro de 2016.

Em 2016, comandou a Ponte Preta de abril até o início de dezembro.

Ele seguiu então para o Palmeiras, seu maior desafio até então, já que o clube havia acabado de ser campeão nacional e almejava títulos em 2017. Mas sua passagem durou apenas de janeiro a maio. No Athletico, teve menos tempo ainda de trabalho, menos de dois meses, e foi demitido em julho.

Ainda em 2017, ele voltou à Ponte Preta e ficou até o Campeonato Paulista de 2018, quando fez fraca campanha.

Em abril de 2018 assumiu o Coritiba e ficou até agosto, quando saiu para treinar o Sport novamente, mas saiu após 40 dias de trabalho.

O último trabalho do técnico antes de assumir o CSA foi no Vila Nova de Goiás. Ele ficou no clube de fevereiro até 13 de julho de 2019. Marcelo Cabo que saía do CSA assumiu o time goiano, mas não evitou o rebaixamento do clube à Série C.

Fonte: Tribuna Hoje

Comentários

MAIS NO TH