Esporte

11 de dezembro de 2019 08:44

CSA embolsou quase R$ 6 milhões com TV

Levantamento foi feito por blog nacional com clubes da Série A; Clube anuncia técnico Maurício Barbieri, ex-Flamengo

↑ Treinador Maurício Barbieri chega ao CSA com missão de recolocar a equipe na Série A do Brasileiro (Foto: Globoesporte.com)

O CSA foi rebaixado para a Série B do Brasileiro do próximo ano, mas nem tudo foi motivo pra tristeza nas hostes azulinas, mesmo com a queda da equipe  para a série inferior. E um desses  motivos foi dinheiro na conta do clube. Segundo levantamento do Blog do Allan Simon, que  acompanhou desde a primeira rodada os dados de transmissões da Globo em TV aberta, o time alagoano embolsou com essa transmissões R$ 5. 625.000 mil.

O Blog do Allan Simon acompanhou desde a primeira rodada os dados de transmissões da Globo em TV aberta. São considerados nesse levantamento todos os jogos exibidos em mídia aberta e gratuita na competição, o que inclui jogos em rede nacional, regionalizados, ou mesmo transmitidos apenas pelo Globoesporte.com de graça na internet. Com isso, foram 96 partidas transmitidas dessa forma.

De acordo com o blog, como o bolo total era de R$ 600 milhões, a fatia para distribuição por partidas exibidas ficou em R$ 180 milhões. Cada jogo, portanto, valeu R$ 1,875 milhão. Essa quantia é dividida entre os dois clubes em campo. Por isso, para cada jogo transmitido na Globo, uma equipe recebeu R$ 937,5 mil.

O grande campeão foi o Athletico Paranaense. Sem contrato de PPV no Brasileirão, o Furacão acabou forçando a Globo a escolher 19 partidas da equipe rubro-negra, metade do total, para tentar evitar apagões em partidas que a emissora considerava importantes, como Corinthians x Athletico, Grêmio x Athletico, etc. Quatro desses jogos foram exibidos de maneira exclusiva pelo Globoesporte.com.

BARBIERI NO AZULÃO

Na parte do planejamento para o futebol do próximo ano, a grande notícia ontem foi o anúncio da contratação do novo técnico da nova geração Maurício Barbieri.   Ele apareceu no cenário nacional no ano passado, quando foi escolhido para ser treinador do Flamengo.

Barbieri tem apenas 38 anos e trabalhou nesta temporada no Goiás e no América-MG. Ele se encaixou no perfil traçado pelo presidente do CSA, Rafael Tenório. É jovem e não estava empregado. Deixou o time mineiro em julho deste ano.

Além do acesso para recolocar o Azulão de volta à primeira divisão do Brasileiro, o treinador terá que buscar o título da Copa do Nordeste, definido pela diretoria como o principal objetivo do primeiro semestre do clube em 2020.

O presidente do CSA, Rafael Tenório, revelou ontem também que os goleiros Jordi e João Carlos e o atacante Ricardo Bueno não ficam para a próxima temporada.

“O Jordi está retornando para o Vasco e tem proposta de outros clubes. Em relação ao João Carlos, nós fizemos uma proposta, mas ele preferiu ir para o Cuiabá. O Ricardo Bueno tinha contrato com o CSA, mas foi liberado porque ele quer jogar a Série A em 2020”, disse Tenório.

Fonte: Tribuna Independente / Wellington Santos, com Blog do Allan Simon

Comentários

MAIS NO TH