Esporte

15 de junho de 2019 08:34

Quem quer jogar no futebol de Alagoas?

CSA e CRB estão no mercado da bola em busca de reforços, porém esbarram na forte concorrência do eixo sul-sudeste

↑ Thiago Paes e Fabiano Melo são os responsáveis pelas contratações de CRB e CSA na temporada (Foto: Ascom/CRB e Ascom/CSA)

O mercado da bola será agitado nesta pausa dos campeonatos para a Copa América. Em Alagoas, CSA e CRB estão correndo atrás de reforços, porém, o poder financeiro dos adversários é uma grande barreira para que os nossos clubes tenham sucesso nas contratações. Principalmente o Azulão, que mesmo disputando uma primeira divisão, vê alguns atletas rejeitarem propostas. Do lado vermelho as ações são voltadas pela credibilidade adquirida ao longo dos últimos anos na Série B.

A Tribuna Independente conversou com os dois responsáveis pelas contratações nos clubes. Thiago Paes pelo CRB e Fabiano Melo pelo CSA. Os dois têm opiniões distintas sobre esta “barreira” existente no fechamento dos acordos com atletas de qualidade. Isso se dá por conta também da divisão que cada clube ocupa. Na Série A, as cotas financeiras são disparadamente desiguais. Já na Série B, os times recebem de forma igual, porém existe o aporte financeiro do Bragantino com a empresa internacional Red Bull. O certo é que ambos estão á procura de jogadores e devem desligar outros que não deram certo.

“Nossa dificuldade ainda é maior por causa das disparidades de cotas recebidas desses times do Sul e Sudeste. São clubes que já tem uma certa estrutura por estar mais tempo em uma série A” justificou Fabiano.

“Criatividade e bom relacionamento. É assim que buscamos trabalhar para suprir essa carência do futebol do Nordeste. A questão estrutural e com uma vitrine bem menor, a Série B exige que o clube tenha essa relação com bons parceiros, e estes bons parceiros possuem os bons jogadores”, explicou Thiago.

O CSA fechou a participação neste primeiro momento do Brasileirão na 19ª posição com uma vitória, três empates e cinco derrotas. Já O CRB entrou na pausa da Copa América na 11ª posição da Série B com três vitórias, um empate e quatro derrotas. Os dois clubes confirmaram o processo de reformulação.

“Temos dificuldades de convencer aos atletas a vir jogar aqui no CSA por ser um time iniciante na competição e por ser um dos candidatos ao rebaixamento por ser um clube de menor aquisitivo financeiro. Mas estamos buscando as alternativas para o clube sair dessa situação e tenho certeza que, com o nosso trabalho, o clube vai permanecer na série A”, afirmou Fabiano.

“Jogadores que procuramos no início do ano podem estar disponíveis agora. O mercado é muito rápido. Entradas e saídas devem acontecer no CRB. Com muita criatividade e relacionamento com bons empresários teremos atletas do nível do Victor Ramos, Felipe Ferreira e Léo Ceará”, disse Paes.

Na volta das competições o CSA encara o Corinthians em São Paulo e o CRB recebe o Guarani em Maceió.

Fonte: Tribuna Independente / Júnior de Melo

Comentários

MAIS NO TH