Esporte

17 de maio de 2019 08:40

Rafael Tenório desiste de licença e CSA só viajará no sábado (18)

Gestor afirmou que precisa de 90 dias longe do clube para cuidar de seus negócios, e também estava pressionado por causa da negociação do jogo contra o Flamengo

↑ Raimundo Tavares conseguiu convencer Rafael Tenório a não tirar a licença no CSA (Foto: Ascom)

Um meio-campista e um atacante devem chegar. Quem garante é o dirigente Raimundo Tavares. Mas outros devem sair. O CSA vai anunciar em breve o desligamento do atacante Lohan e do lateral-esquerdo Pedro Rosa. Mas o fato principal do dia foi a confirmação de desistência de licenciamento do presidente executivo Rafael Tenório. O gestor afirmou na última quarta-feira (16) que precisa de 90 dias longe do clube para cuidar de seus negócios, e também estava pressionado demais por conta da negociação do jogo entre CSA e Flamengo, dia 12 de junho.

Mas nesta quarta a assessoria de imprensa maruja confirmou a desistência da licença. “O Presidente Rafael Tenório ouviu a maioria da Nação Azulina! O sentimento é de continuidade. Vamos em frente. Em busca dos nossos objetivos na Série A”, escreveu o clube em seu instagram oficial. Questionada pela Tribuna Independente sobre a situação, a assessoria confirmou que a postagem era para oficializar que Rafael fica no clube.

EM CAMPO

O time segue treinando. Nesta quinta (17) acontece mais uma sessão e Marcelo Cabo busca a melhor formação para encarar o Internacional neste domingo (19), às 16h, no Beira Rio. Os titulares devem ser os mesmos que encararam o Avaí. As dúvidas ficam por conta das laterais, onde Apodi e Carlinhos podem ganharam as vagas de Celsinho e Armero. A ansidade pela primeira vitória ainda existe.

“Sairá naturalmente, sem dúvida. O trabalho que estamos realizando é muito bem feito. A comissão técnica tem conversado bastante com a gente e buscado o melhor para o grupo. Estamos muito motivados com essas próximas semanas”, explicou Didira. “Procuro sempre ajudar a comissão técnica e o grupo, independentemente da posição que jogar. Quero estar em campo contribuindo. Sei que tenho essa confiança de Marcelo Cabo e procuro retribuir com dedicação em campo, me esforçando para honrar a camisa do CSA sempre”.

Fonte: Tribuna Independente

Comentários

MAIS NO TH