Esporte

28 de fevereiro de 2019 12:12

CSA não quer pressa para contratar e semana de trabalho termina sábado

Azulão observa o mercado em busca de reforços

↑ CSA segue treinando forte para o clássico com o CRB dia 7/03 (Foto: ASCOM CSA)

A direção do CSA quer contratar. Quer reforçar o elenco. E olhe que muitos contratados ainda nem estrearam com a camisa azulina. É o caso do zagueiro Ronaldo Alves, do volante Bruno Ramires, do atacante Robinho. Mesmo assim o time marujo quer mais. Devem estar chegando um lateral-direito, um zagueiro e um atacante. Para quem tinha da posição (lateral), agora só tem dois. No setor, Marcelo Cabo tem Celsinho e Apodi, e tinha Régis, dispensado, e Joazi, negociado com o América-RN.

“Estamos trabalhando, mantendo contato todos os dias e as contratações podem acontecer a qualquer momento, como também pode demorar 10, 15 dias”, disse o dirigente Fabiano melo.

EM CAMPO

Os treinamentos começaram ontem. Hoje tem mais uma sessão e no sábado o encerramento semanal com um jogo-treino no CT do Mutange. Em dez jogos disputados esse ano, o CSA só perdeu dois (para o Mixto, na primeira fase da Copa do Brasil e para o Dimensão Saúde, na primeira rodada do Alagoano). A equipe tem três empates e cinco vitórias. Didira destacou a boa campanha do time em 2019.

“Nas últimas seis partidas, vencemos quatro. Foi apenas uma derrota. Isso mostra a evolução que tivemos nas últimas semanas. Acreditamos muito no trabalho que vem sendo realizado. Com os jogadores que estão chegando, temos tudo para crescer ainda mais de produção nas próximas partidas”.

O time azulino recebeu folga na segunda e terça-feira. Depois tem mais uma semana para se preparar para o clássico com o CRB, no Rei Pelé.

“Vamos entrar em campo apenas no dia sete, depois do Carnaval. Vai ser um período muito importante para corrigirmos o que tivemos de erro até aqui e, também, para recuperarmos a parte física. Estamos em um ritmo de jogos intenso. Esse tempo será muito bem aproveitado”.

Fonte: Tribuna Independente

Comentários