Esporte

7 de setembro de 2018 11:19

CSA completa 105 anos e treina em Floripa para jogo com o Figueirense

O tabu é de não vencer, nem pontuar fora de casa nestes chamados jogos de volta da Série B

↑ Volante Pio fez seu primeiro gol com a camisa do CSA no jogo passado (Foto: Assessoria do CSA)

CSA em busca da quebra de um tabu recente. Na quinta-feira (6) a delegação viajou para Florianópolis, nesta sexta-feira (7) treina no CT do Avaí e no sábado (8) terá um confronto contra o Figueirense, às 16h30, no Estádio Orlando Scarpelli. O tabu é de não vencer, nem pontuar fora de casa nestes chamados jogos de volta da Série B. Desde que iniciou o segundo turno, o Azulão perdeu para Goiás, Oeste e Boa Esporte. Está na hora de mudar essa história.

“Precisamos jogar fora da mesma fora que atuamos em casa. Isso é colocado pelo treinador e em campo precisamos executar. Principalmente agora contra o Figueirense que é um adversário direto”, disse o volante Pio.

O técnico Marcelo Cabo tem três desfalques importantes. Cumprem suspensão pelo terceiro amarelo o lateral Celsinho e os meias Didira e Daniel Costa. Na delegação está como novidade o volante Jhonattan, que foi contratado recentemente. O atacante Judivan foi apresentado, mas ficou treinando em Maceió. Com esses dois o CSA fecha o pacote de reforços. Para compensar, o meia Jhon Cley está de volta após cumprir suspensão automática.

O atacante Neto Berola seguirá fora do time, já que ainda se recupera de lesão, aumentando as chances de Juan seguir na equipe. Quanto ao substituto de Celsinho, Wellington Silva deve ganhar mais uma oportunidade.

ANIVERSÁRIO

Hoje clube marujo completa 105 anos de história, e por isso a diretoria programou uma série de atividades no CT Gustavo Paiva. Primeiro acontece uma missa, em seguida o torneio de futebol do sócio-torcedor e por último a inauguração do novo centro médico.

Fonte: Tribuna Independente / Editoria de Esporte

Comentários

MAIS NO TH