Esporte

26 de novembro de 2017 19:56

PSG passa pelo Monaco fora de casa e abre nove pontos na liderança

Cavani e Neymar fizeram os dois gols do time da capital, um em cada tempo; João Moutinho descontou

↑ Neymar (Foto: AFP)

O Paris Saint-Germain se consolida cada vez mais na liderança do Campeonato Francês. Pela 14ª rodada da competição, o time fez 2 a 1 no Monaco, fora de casa, na tarde deste domingo. Cavani e Neymar fizeram os gols, um em cada tempo. João Moutinho descontou.

Com o triunfo, os líderes do torneio aumentaram a folga na ponta, chegando a 38 pontos, nove a mais do que o Lyon, vice-líder. O time do Principado, com 29, está em terceiro lugar após o revés em casa.

Na próxima rodada, no meio de semana, o PSG recebe o Troyes, na quarta-feira. No mesmo dia, o Monaco visita o Nantes, que faz boa campanha e ocupa o quinto lugar na competição.

O jogo

Logo aos 2, Neymar deixou Mbappé em ótima situação para marcar, mas o jovem francês acabou errando a finalização. Seis minutos depois, nova chegada, e desta vez foi Draxler quem perdeu boa chance.

Aos 18, não teve jeito. Draxler levou até a linha de fundo e cruzou para Cavani. O artilheiro uruguaio, como de costume, não desperdiçou, com leve toque no alto, superando Subasic: 1 a 0.

Depois de uma segunda metade de etapa inicial mais lenta, o PSG quase fez o segundo aos 42, quando Draxler tentou novamente, mas o goleiro do Monaco evitou com bela defesa, mantendo a vantagem mínima para os visitantes.

No segundo tempo, os comandados de Unai Emery mantiveram-se no ataque. Aos 2, Neymar carimbou a trave. Quatro minutos depois, o brasileiro sofreu pênalti, que ele mesmo bateu, com calma, para ampliar o placar: 2 a 0.

Mbappé teve nova chance clara aos 24, mas novamente pecou no arremate, perdendo oportunidade de marcar no ex-clube, que defendeu até agosto. Três minutos depois, incrivelmente, novo desperdício do camisa 29, cara a cara com Subasic.

Aos 29, Cavani cruzou, a bola desviou no brasileiro Jemerson e carimbou a trave. No minuto seguinte, o uruguaio tirou do goleiro, mas seu chute saiu por pouco. Com o jogo dominado e perdendo oportunidades, o PSG viu o Monaco diminuir aos 35, com João Moutinho, em cobrança de falta desviada em Mbappé.

Com o gol, os donos da casa se animaram, vendo as chances de reação aumentarem. Aos 40, Falcao arriscou da entrada da área, mas Aréola defendeu. Depois disso, os mandantes não levaram perigo e saíram com o revés.

Comentários