Entretenimento

25 de maio de 2020 17:40

Perfil no Twitter diz que Ludmilla trai a mulher com amiga; cantora presta queixa

Cantora se pronunciou sobre rumores através de sua assessoria de imprensa

↑ Foto: Reprodução/Instagram

A rede social ficou em polvorosa na madrugada desta segunda-feira (25). Depois do bafão envolvendo Anitta e Leo Dias, Ludmilla foi alvo de uma série de postagens no Twitter. Um perfil divulgou que a funkeira teria traído a esposa Brunna Gonçalves.

De acordo com o perfil @meigoandabusado, Ludmilla tem um caso com a amiga Thaissa Cavalcante desde antes de o relacionamento com a bailarina vir a público. Ainda de acordo com o tal perfil, Thaissa tem páginas privadas no microblog, onde fala abertamente do suposto relacionamento com Ludmilla e até exibe uma tatuagem que teria sido para a artista. Confira posts completos:

Através de sua assessoria, Ludmilla negou as acusações. “A cantora esclarece através de sua assessoria de imprensa que o conteúdo a respeito dos supostos diálogos envolvendo duas mulheres que, de forma indevida usam seu nome, são inverídicos. A cantora está muito bem casada e focada em seu mais recente lançamento, o EP ‘Numanice’. Ludmilla e sua equipe não irão mais comentar as falsas afirmações feitas por perfis de haters na internet, cabe as supostas autoras das mensagens esclarecerem seu conteúdo e não a artista comentar fake news. Lembramos ainda que difamação nas redes sociais pode ser configurado como crime virtual”, disse ao ‘Popline’.

Nesta segunda, Lud postou que estava a caminho da delegacia, pronta para denunciar os posts. “Como eu tinha dito mais cedo, estou indo à delegacia para tomar as atitudes cabíveis sobre o caso que está acontecendo na internet. Eu não ia falar nada, porque eu geralmente cago para essas mentiras, para essas bobeiradas. Só que eu estou de quarentena, não tenho nada para fazer, e quanto mais você caga para essas coisas, as pessoas acham que têm direito de ficar inventando mentira e falando merda por trás de um fake. E hoje eu vou provar para essas três pessoas que elas não podem fazer isso, que a internet não é terra de ninguém, é terra de gente, sim. Eu estou indo na delegacia agora e as pessoas têm que começar a ter mais cuidado para mexer na internet. Sabe usar? Boa. Não sabe usar? Tchau, vai ter que pagar por isso”, disse.

Fonte: iBahia

Comentários

MAIS NO TH