Entretenimento

23 de junho de 2019 19:39

Rodrigo Santoro relembra preconceito com beijo gay de ‘Carandiru’

'Ainda naquele ano experimentei a sensação de, escondido nas salas, ver pessoas deixando os cinemas após a cena', escreveu o ator

↑ Rodrigo Santoro e Gero Camilo em Carandiru (Foto: Reprodução / Instagram)

Rodrigo Santoro usou o perfil do Instagram neste domingo (23) para celebrar o amor. No dia da Parada LGBTQIA+ em São Paulo, o ator relembrou o beijo que deu em Gero Camilo no filme Carandiru (2003), em que interpretou uma presidiária travesti que se casou com outro detento na cadeia.

“Carandiru. #LadyDi #SemChance #HectorBabenco 2003. Em 2003, Gero Camilo, meu querido amigo e parceiro de cena em Carandiru, disse que o beijo da Lady Di e do Sem Chance era um beijo de todas as bocas e, para alguns, era como um tapa. Ainda naquele ano experimentei a sensação de, escondido nas salas, ver pessoas deixando os cinemas após a cena. Hoje, 2019, as ruas de São Paulo estão tomadas pela luta para que todos os beijos, de todas as bocas, sejam um símbolo de amor e liberdade. A arte é aliada desse sonho”, escreveu o ator.

Vários famosos comentaram a publicação de Santoro. “Eu escolhi o homem certo pra ser fã desde criança”, escreveu Whindersson Nunes. “Lindos! Qual seria a função da arte senão libertar-nos de nós mesmos? P.S.: eu pegava de vestido de noiva. Fácil!”, disse a mulher do ator, Mel Fronckowiak. “Lindo o que escreveu, meu irmão! É isso, viva o beijo de todas as bocas. Viva a arte que nos enche de orgulho. Viva o amor livre! Te amo”, respondeu Camilo.

Fonte: Revista Quem

Comentários

MAIS NO TH