Economia

20 de outubro de 2021 17:05

Viajar é a primeira opção dos brasileiros com a retomada

Em Alagoas, por exemplo, a alta temporada promete uma rede hoteleira com 100% de ocupação

↑ Maceió continua sendo um dos principais destinos do país (Foto: Divulgação)

Quem começar a procurar ainda hoje, talvez até consiga uma reserva para as festas de final de ano ou para a alta temporada de janeiro. De Norte a Sul do Brasil, quase tudo está esgotado. Em Alagoas, por exemplo, a alta temporada promete uma rede hoteleira com 100% de ocupação. Tudo isso só confirma que os brasileiros já estão viajando e colocaram viajar como a primeira opção com a retomada. Isso é o que mostra uma pesquisa do Boston Consulting Group (BCG), reforçando ainda mais uma tendência do turismo doméstico e de proximidade no país.

Segundo pesquisa do BCG, os brasileiros estão cada vez mais confiantes para viajar. O estudo Consumer Sentiment, que ouviu mais de 1,5 mil brasileiros, aponta que 70% deles pretendem viajar na primeira oportunidade que tiverem. O cenário atual é bastante diferente daquele registrado há um ano, quando a mesma pesquisa mostrou que 76% dos brasileiros não tinham a menor intenção de viajar, mesmo para destinos próximos.

Portanto, o resultado da pesquisa reforça ainda a tendência do turismo doméstico e de proximidade no país: 26% dos turistas entrevistados afirmaram que querem viajar pelo Brasil; 19% preferem realizar uma viagem internacional. Já 25% dos entrevistados planejam realizar a próxima viagem de carro e 45%, de avião.

O Ministério do Turismo diz que a movimentação econômica do setor registrou, em agosto, um crescimento de 4,6% frente ao mês anterior – quarta taxa positiva seguida. Assim, entre maio e agosto o acúmulo aponta uma alta de 49,1%. No dia 12 de outubro, dia de Nossa Senhora Aparecida, por exemplo, os aeroportos brasileiros registraram mais de 1,7 milhão de passageiros e a taxa de ocupação hoteleira ficou acima dos 75% no período, segundo levantamento realizado pelo Ministério do Turismo.

No início de outubro, foi aprovada a volta dos cruzeiros marítimos na costa brasileira, que deve ocorrer em novembro. O MTur estima ainda que isso vai injetar R $2,5 bilhões na economia nacional e gerar cerca de 35 mil empregos. Segundo o ministro do Turismo, Gilson Neto, “Mais de 150 milhões de brasileiros já foram imunizados com pelo menos uma dose da vacina contra a Covid-19″, e esta conquista do governo federal foi crucial para aumentar a confiança dos viajantes e voltar a movimentar a engrenagem do turismo brasileiro”.

Fonte: Tribuna Hoje / Texto: Claudio Bulgarelli - Sucursal Região Norte

Comentários

MAIS NO TH