Economia

6 de julho de 2020 08:21

‘Insana’, diz Barry Eichengreen sobre política de Bolsonaro contra coronavírus

Professor de Economia e Ciência Política da Universidade da Califórnia, e um dos mais respeitados acadêmicos de Relações Internacionais, diz que Brasil e EUA dão as piores respostas à pandemia e afugentam investidores europeus e asiáticos

↑ Jair Bolsonaro e Donald Trump (Foto: Reprodução)

Professor de Economia e Ciência Política da Universidade da Califórnia, em Berkeley, e um dos mais respeitados acadêmicos na área de relações internacionais, Barry Eichengreen resumiu em uma palavra sua avaliação sobre a política de Jair Bolsonaro para controle do Coronavírus: “Insana”.

Em entrevista ao jornal Valor Econômico, Eichengreen disse ainda que a reabertura do comércio em meio à pandemia, tanto no Brasil quanto nos Estados Unidos, vai retardar ainda mais a retomada econômica nos dois países.

“Cidades e Estados podem ter que fechar de novo. Os consumidores ficam relutantes de comprar e gastar com o vírus se espalhando rapidamente. As empresas não serão capazes de fazer e implementar planos de investimento em face dessa incerteza. A carga sobre a saúde pública será imensa”, afirmou.

Para Eichengreen, Brasil e EUA estão dando às piores respostas à pandemia e afugentam investidores europeus e asiáticos.

“A resposta à pandemia é provavelmente pior nos EUA e no Brasil do que em qualquer outro país. Os dois países também estão numa corrida no momento para ver quem tem as piores políticas ambientais. Quem imaginaria isso? O resto da sua pergunta responde a si mesma: esses não são lugares onde investidores europeus e asiáticos criteriosos vão querer investir”.

Fonte: Revista Fórum

Comentários

MAIS NO TH