Economia

10 de maio de 2019 08:33

Caixa libera FGTS a moradores do bairro Pinheiro

Segundo banco, recurso disponibilizado é o maior no país para situação de calamidade pública

↑ Recurso foi liberado na última segunda, mas Fredson da Mota diz que procura é considerada baixa (Foto: Adailson Calheiros)

Os trabalhadores que moram no bairro do Pinheiro, em Maceió, já podem sacar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). De acordo com o gerente regional de Canais da Caixa Econômica Federal (CEF), Fredson da Mota, no primeiro cálculo feito, está previsto a liberação de R$ R$ 1,1 milhão, montante equivalente aos números de cadastrados pela Defesa Civil. O valor é o maior recurso liberado para situação de calamidade pública no país.

“Este benefício é para os moradores que tenham saldo disponível em suas contas vinculadas do FGTS e que sejam residentes nas zonas do bairro Pinheiro delimitadas no mapa divulgado pela Defesa Civil Municipal. A lista que recebemos consta 2.100 pessoas. Essas pessoas poderão realizar saque FGTS nas formas e limites constantes do Decreto Federal nº 5.113/04, com valor máximo de R$ 6.220 por conta vinculada”, explica o gerente.

Os valores do FGTS para os moradores do bairro do Pinheiro atingido pelas rachaduras, começaram a ser pagos na última segunda-feira (6). A liberação do benefício ocorre por conta de uma decisão judicial em tutela de urgência após uma ação civil pública que tramita na 3ª Vara da Justiça Federal. Mas, de acordo com Mota, a procura está sendo bem abaixo do imaginado.

“Iniciamos na segunda-feira, mas a procura está considerada pequena. Dos 2.100 cadastrados nesta etapa menos de 200 pessoas procuraram a agência. Na verdade, muita gente chega até nós, porém a maioria não estão cadastradas ou tem direito ao benefício”, conta Fredson da Mota.

O atendimento dos trabalhadores beneficiados pela decisão judicial está sendo feito em etapas de acordo com a escala divulgada pela Defesa Civil. “Vale ressaltar que todos da casa que trabalhem com carteira assinada e tenham saldo positivo podem sacar o FGTS”, concluí Fredson.

Ele lembra ainda, que tem um caminhão da Caixa no Centro de Estudos e Pesquisas Aplicadas (Cepa), realizando o atendimento exclusivo para os moradores do bairro. O atendimento inicia às 9h e se encerra às 17h de segunda à sexta-feira.

O gerente relembra que o trabalhador deverá apresentar nas agências da Caixa os documentos necessários para solicitar a liberação. “O valor do FGTS poderá ser creditado nas contas dos trabalhadores correntistas da agência ou sacado em qualquer agência, no prazo de cinco dias”.

A documentação necessária para a solicitação é a Carteira de Identidade (também são aceitos carteira de habilitação, passaporte e novo modelo da Carteira do Trabalho), Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS – Páginas de identificação, contratos de trabalho e anotações gerais), cópia do comprovante de residência em nome do trabalhador (conta de luz, água ou outro documento recebido via correio), Cartão do Cidadão (opcional) e cartão ou o número da conta na Caixa, para facilitar o crédito, caso possua.

CONSULTA

Para o trabalhador consultar o saldo do FGTS, a Caixa disponibiliza o APP FGTS – o download  do aplicativo pode ser feito nas principais lojas: Apple Store e Google Play, ou ainda no próprio site da Caixa (www.caixa.gov.br).

Fonte: Tribuna Independente / Lucas França

Comentários

MAIS NO TH