Economia

25 de janeiro de 2019 19:58

Bandeira tarifária de energia continuará verde em fevereiro, diz Aneel

Nas bandeiras amarela e vermelha, há custo adicional ao consumidor

↑ Imagem: Ilustração

A bandeira tarifária nas contas de luz para fevereiro será verde, sem custo para os consumidores, a exemplo do que aconteceu em janeiro, informou nesta sexta-feira a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

A bandeira verde continuará apesar de um cenário mais pessimista para as chuvas, o que levou a um aumento no Preço de Liquidação das Diferenças (PLD) para o período entre 26 de janeiro e 1º de fevereiro, para 337,10 reais/MWh nos submercados Sudeste/Centro-Oeste e Sul, ante 178,76 reais/MWh no período anterior.

A carga de energia elétrica no Brasil em fevereiro deverá atingir 73.275 megawatts médios, alta de 7 por cento ante o mesmo período de 2018, enquanto as chuvas nas hidrelétricas devem ficar abaixo da média, apontou nesta sexta-feira o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).

“Mesmo com a elevação do Preço de Liquidação das Diferenças (PLD), provocada pela diminuição das chuvas em janeiro, a estação chuvosa está em curso, propiciando elevação gradativa da produção de energia pelas usinas hidrelétricas e melhora do nível dos reservatórios, com a consequente recuperação do risco hidrológico (GSF)”, disse a Aneel.

O GSF e o PLD são as duas variáveis que determinam a cor da bandeira a ser acionada.

Criado pela Aneel, o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o bom uso da energia elétrica.

Nas bandeiras amarela e vermelha, há custo adicional ao consumidor.

Fonte: Reuters

Comentários

MAIS NO TH