Cooperativas

31 de dezembro de 2020 16:55

Beach Club Milagres do Toque implanta projeto de aumento da restinga e de reciclagem

↑ Projeto vai ampliar área de restinga (Foto: Divulgação)

Único empreendimento turístico ao longo de todo o Litoral de Alagoas impedido de realizar sua festa de fim de ano por uma “esdrúxula” decisão judicial, o primeiro e único beach club da Rota Ecológica, o Milagres do Toque, localizado em uma das praias mais bonitas do Brasil, a praia do Toque, em São Miguel dos Milagres, além de receber uma enxurrada de comentários e apoios de seguidores nas redes sociais, se reinventou depois da decisão que impediu o empreendimento de realizar seu Réveillon Milagres do Toque e prepara uma série de projetos inovadores para 2021.

O primeiro projeto para 2021 é ampliar a área protegida da restinga existente em frente ao empreendimento. Na abertura do local, foi feita uma ponte de madeira sobre a vegetação, como forma de evitar o pisoteio por parte das pessoas. A ideia agora é ampliar em alguns metros essa vegetação de restinga, que é um terreno arenoso e salino, próximo ao mar e coberto por plantas herbáceas. Essa vegetação tem o importante papel de fixar areia e dunas e impedir a erosão das praias, pois a degradação pode trazer sérios problemas ao meio ambiente.

O segundo projeto, onde os tempos realmente estão mudando e a palavra de ordem é a reciclagem, o Milagres do Toque vai tentar fechar uma parceria com a Cooperativa Alagoana dos Catadores de Materiais Recicláveis do Litoral Norte (Coopernorte), que nasceu no município de Japaratinga, estendeu suas atividades para Porto Calvo e que pode realmente chegar a São Miguel dos Milagres.

A cooperativa, que surgiu em Japaratinga há sete anos, depois se instalando em Porto Calvo, vem realizando um trabalho inédito e pioneiro na Região Norte. A coleta do material reciclado vai para revenda para empresas sediadas em Maceió, Recife e Campina Grande, na Paraíba. A presidente da Coopernorte, Ibelza Vanderlei Campos, está muito empolgada com a possibilidade da parceria com o Milagres do Toque. “Estamos muito otimistas com essa possibilidade de parceria. Podemos transformar, quem sabe, São Miguel dos Milagres como cidade modelo´´

Em nota a diretoria do Milagres do Toque afirmou que “Esses dois projetos são de suma importância para o empreendimento. No primeiro vamos ver com o IMA ou com especialistas, as melhores técnicas de plantio da restinga. E no segundo, um projeto de reciclagem, vamos fazer contato com o novo prefeito de São Miguel, Jadson Lessa e fechar uma parceria para que a cooperativa possa realmente ter uma sede por aqui”.

Fonte: Claudio Bulgarelli -Sucursal Região Norte

Comentários

MAIS NO TH