Cooperativas

11 de abril de 2019 15:32

Documentário apresenta o cooperativismo ao redor do mundo

Pesquisadora Sara Vicari e a cineasta Andrea Mancori iniciaram em janeiro uma viagem ao redor do mundo para visitar e gravar uma série de documentários de curta duração

↑ (Foto: Reprodução)

A cada dia, em todos os rincões do planeta, as cooperativas melhoram o sustento das pessoas e promovem o desenvolvimento local sustentável. O modelo das cooperativas não é apenas garantia de condições dignas de trabalho, mas também promove a transformação social e fortalece a capacidade das comunidades de reduzir as desigualdades sociais e econômicas.

Com o apoio da parceria da ACI e União Europeia para impulsionar o desenvolvimento cooperativo (#coops4dev), a pesquisadora Sara Vicari e a cineasta Andrea Mancori iniciaram em janeiro uma viagem ao redor do mundo para visitar e gravar uma série de documentários de curta duração sobre alguns dos exemplos mais surpreendentes e inspiradores de cooperativas de diferentes diretores econômicos nos cinco continentes. O projeto aroundtheworld.coop oferecerá um panorama sobre a potente rede de cooperativas que incide positivamente nas vidas cotidianas de muitos cidadãos. Através deste projeto, vamos mergulhar em algumas histórias emocionantes, e também poderemos ver as similaridades e diferenças entre os diferentes exemplos de cooperativas para analisar em profundidade e conhecer o movimento em escala planetária.

O projeto aroundtheworld.coop quer conscientizar sobre o papel das cooperativas na geração de ações coletivas e no intercâmbio de conhecimento sobre métodos de pesquisa de ações participativas que elas realizam.

Sara e Andrea partiram da sua terra natal, Itália, e elas já cruzaram a África em sua jornada. No sul da Itália, visitaram as cooperativas da Casa di Alice e Altri Orizzonti. Estas cooperativas do município de Castel Volturno estão aproveitando terras confiscadas da Máfia (plantando tomates, entre outras coisas) para ajudar na integração social e econômica dos imigrantes.

A segunda parada foi em Imsouane, Marrocos, aonde foram muito bem recebidas na cooperativa biológica de óleo de argan Toudarte. Este projeto está oferecendo um futuro mais próspero a mais de 100 mulheres, o que não só promove o desenvolvimento econômico e social, mas também teve um efeito positivo inegável sobre o empoderamento das mulheres.

A cooperativa de Ruanda Coproriz-Ntende foi a terceira parada das documentaristas. Além dos diferentes serviços prestados aos seus mais de 3700 membros, esta cooperativa é dedicada principalmente ao arroz. No geral, é um exemplo de um projeto empresarial participativo e sustentável que pôs fim à fome naquela região.

Assista aos vídeos no Youtube:

Fonte: Redação EasyCOOP com informações da ACI

Comentários

MAIS NO TH