Cooperativas

19 de fevereiro de 2019 15:40

Prefeitura de Maceió incentiva agricultura familiar e melhora merenda

Participação do pequeno agricultor no processo de alimentação escolar da capital alagoana elevou a qualidade da merenda e fomentou a produção na região

↑ Agricultores recebem visita da equipe do setor de alimentação escolar da Semed (Foto: Assessoria)

A Secretaria Municipal de Educação de Maceió incentiva a agricultura familiar ao realizar, anualmente, chamada pública para este setor, disse, nesta terça-feira, 19, a secretária Ana Dayse. Segundo ela, a participação do pequeno agricultor no processo de alimentação escolar da capital alagoana elevou a qualidade da merenda e fomentou a produção na região, gerando mais renda e trabalho.

“Os produtos da agricultura familiar são livres de agrotóxicos, o que torna a merenda escolar mais saudável e saborosa, além do estímulo que damos ao crescimento desse setor produtivo em nosso município”, reforçou a secretária, explicando que as chamadas públicas seguem todos os procedimentos administrativos legais, desde a elaboração dos preços à definição dos gêneros alimentícios.

A secretária informou ainda que nesse processo existe desde as reuniões preliminares entre as escolas e os agricultores, como lançamento e ampla divulgação do edital e sessões públicas. “O resultado tem sido excelente junto às crianças e que atende ao Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). É uma compra democrática, legal e participativa”, reforçou Ana Dayse.

João Macena, presidente da Coopavam, cooperativa localizada no Sítio Jenipapo Mariana, em Santana do Mundaú, destacou a importância dos editais da Semed para a agricultura familiar. “A compra dos alimentos da agricultura familiar traz um benefício muito grande ao pequeno agricultor porque valoriza a produção no campo e beneficia o nosso trabalho sem a figura do atravessador”, afirmou.

A compra dos produtos da agricultura familiar, por meio de chamadas públicas, está sendo feita pela Semed desde 2015, de forma transparente e obedecendo todas as exigências legais devidas, aponta a Chefia do Setor de Alimentação Escolar da secretaria.

Fonte: Ascom Semed

Comentários

MAIS NO TH