Cooperativas

9 de junho de 2017 11:44

Programa irá beneficiar associações e cooperativas com capacitação para autogestão

Desenvolve lançou programa ofertando profissionalização e linhas de crédito até R$ 300 mil

Alagoas vive um momento impar no que diz respeito ao incentivo a capacitação de gestores de cooperativas e associações produtivas do Estado. Para o presidente da Desenvolve (Banco do Povo), Rafael Brito, a ideia do programa Coopmais é considerada um divisor de águas para ampliação do conhecimento deste público, trazendo treinamento gratuito, elaboração de plano de negócios e o acompanhamento dos recursos liberados.

Incialmente 20 cooperativas irão participar com acesso ao crédito. “O curso oferece uma gestão mais profissionalizada voltada para excelência, para que as dificuldades de obtenção de crédito produtivo possam ser resolvidas, melhorando a administração do seu negócio. Além disso, a educação financeira e empresarial é tão importante quanto o crédito em si, porque o crédito vem para ajudar, mas quando acaba a necessidade os conceitos da gestão empresarial perduram fazendo com que as cooperativas possam minimizar os seus custos e maximizar os seus lucros, o que vai levar aos cooperados e associados sem dúvida um ganho de cadeira e produtividade. E esse benefício da cooperativa possa ser levado a mais pessoas”, explicou Rafael Brito.

Segundo o presidente da Desenvolve, ajudar a promover a autogestão destas entidades é fundamental para auxiliar na adoção de boas práticas de gestão. “A metodologia do Programa está pautada na melhoria da qualidade de gestão dos recursos e no aumento da competitividade de cada cooperativa e associação alagoana”, mencionou.

A ideia é aplicar o Programa em ciclos anuais, particionados em quatro etapas: Planejamento e Mapeamento, Prospecção, Plano de Negócios e Evento Final, sempre visando a melhoria continua de ações como planejamento, execução, controle e aprendizado.

Rafael Brito diz ser um entusiasta de cooperativas e associações, ele acredita que esse seja um modelo de força e que precisa ser mais difundido na economia e sociedade. Para ele, sem dúvidas, as pessoas poderiam ganhar mais. “As cooperativas nascem de pessoas individuais que têm pouco poder de barganha, mas juntos conseguem entrar em mercados que eles não conseguiriam se estivessem sozinhos”.

A iniciativa de se criar uma cooperativa tem sido o remédio diante do cenário econômico brasileiro, onde há mais de 14 milhões de desempregados. “A cooperativa gera não somente emprego, mas também ação e oportunidade, sobretudo nas pequenas cidades. É importante que se aumente essa margem de contribuição para que o benefício chegue a essa cadeia contribuindo para o crescimento dessas pessoas”.       

Gabriel Lumba, gestor de projetos da Desenvolve, elencou alguns gargalos do setor produtivo atual como, por exemplo, a dificuldade de gestão, falta de planejamento e metas, bem como a necessidade de recursos financeiros. Ele reforçou ainda que o objetivo fundamental da Desenvolve com o lançamento do programa para capacitar gestores de entidades associativas, seja oferecer suporte na obtenção de crédito e melhorar a gestão.

O curso que tem cinco meses de duração começa no mês que vem (julho) inicialmente em Maceió e Arapiraca. O programa vai oferecer linhas de crédito de até R$ 300 mil, com pagamento em cinco anos, com carência de 18 meses e taxa de juros de 7,5% ao ano.  

O lançamento do programa Coopmais ocorreu na manhã desta sexta-feira no Hotel Ritz Lagoa da Anta.

Comentários

MAIS NO TH