Cidades

26 de fevereiro de 2021 18:59

Dom Antônio Muniz permanece hospitalizado, mas em franca recuperação

Dom Antônio Muniz se mantém em recuperação progressiva e consistente devido às intervenções que recentemente realizou

↑ Dom Antônio Muniz (Foto: Pascom Arquidiocesana)

A Arquidiocese de Maceió informa nesta sexta-feira, 26 de fevereiro, o atual estado de saúde do Arcebispo Metropolitano de Maceió, Dom Antônio Muniz Ferndandes, O. Carm., hospitalizado na Santa Casa de Misericórdia de Maceió – capital alagoana.

O Boletim Médico traz as informações de que o Arcebispo permanece hospitalizado para tratamento de problemas circulatórios, em sua grande parte associado ao diabetes mellitus; o boletim informou ainda que Dom Antônio Muniz se mantém em recuperação progressiva e consistente devido às intervenções que recentemente realizou, além de apresentar boa interação e ânimo com sua recuperação. A equipe médica multidisciplinar aguardará a finalização obrigatória do esquema de antibióticos e acompanhará a evolução de Dom Antônio Muniz, para que, em breve, ele possa dar continuidade ao tratamento de forma domiciliar.

Dom Antônio Muniz Fernandes, 68 anos, deu entrada na Santa Casa de Misericórdia de Maceió, na noite do dia 07 de fevereiro, e após realizar exames mais especializados a equipe médica identificou um novo local de obstrução com potencial de risco futuro; foi realizada, com sucesso, uma intervenção cirúrgica, no dia 18, e desde então o Arcebispo vem recebendo os cuidados necessários para restabelecer sua saúde.

Ao fazer essa comunicação ao clero, aos religiosos leigos e ao povo de Deus, a Arquidiocese de Maceió, através de Dom Genival Saraiva de França e Mons. José Augusto – Vigários Gerais, pede orações para o pleno restabelecimento da saúde de seu pastor, Dom Antônio Muniz Fernandes, para que, com segurança, possa retomar as suas atividades pastorais.

Confira boletim médico na íntegra:

BOLETIM MÉDICO

Maceió, 26 de fevereiro de 2021.

Dom Antônio Muniz Fernandes segue internado em unidade de apartamento, na Santa Casa de Misericórdia de Maceió, em tratamento de problemas circulatórios, em sua grande parte associado ao diabetes mellitus, e mantém progressiva e consistente recuperação das intervenções que recentemente realizou. Necessita, porém, de complementação do esquema de antibióticos iniciado e de alguns ajustes preparatórios para a continuidade de seu cuidado domiciliar, o que aguardamos, ocorrerá em breve. Dom Muniz segue confiante e com bom ânimo que a todos contagia. A equipe médica multidisciplinar aguardará a finalização obrigatória do esquema de antibióticos e acompanhará a evolução do paciente.

Dra. Anabel Viviane Leão Lima

Dr. Bruno Freitas

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH