Cidades

27 de novembro de 2020 16:09

Avião chega a Alagoas para reforçar operacionalidade do Corpo de Bombeiros

Aeronave veio de Santa Catarina e se encontra na base do Grupamento de Operações Aéreas até cumprir os trâmites de operacionalização

↑ Aeronave agilizará atendimento e dará suporte à tropa (Foto: Ascom CBMAL)

Após uma longa viagem, o Avião Bombeiro 01 chegou à Alagoas para fazer parte do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL), representando um importante avanço para a corporação. A aeronave veio de Santa Catarina e se encontra na base do Grupamento de Operações Aéreas até cumprir os trâmites de operacionalização.

Segundo o major Diego Mendonça, comandante do Grupamento de Operações Aéreas da Secretaria de Segurança Pública, o avião será mais uma importante ferramenta para o serviço. “O avião vai poder percorrer distâncias maiores em menos tempo, agilizando o atendimento em determinadas situações. Missões como transporte de enfermos entre hospitais, transporte de órgãos, entre outros, poderão ser realizadas em parceria com o Samu, inclusive no período noturno, já que é um avião homologado para voos por instrumentos”, explicou o major.

A aeronave do CBMAL é um avião Cessna 210, de fabricação americana, movido a hélice por um motor a pistão com seis cilindros, que proporcionam 310 cavalos de potência. Tem capacidade de transportar dois tripulantes e quatro passageiros, com peso máximo de carregamento de 785 kg. Sua autonomia permite deslocar com segurança por uma distância de 1250 quilômetros. Por ser um avião rústico, pode pousar em pistas de barro, facilitando a operação em vários municípios alagoanos. Ele é homologado para realizar o voo noturno e em algumas condições climáticas de baixa visibilidade.

Alagoas possui diversas pistas de pouso, que em sua grande maioria são de barro, das quais podemos citar: Arapiraca, Santana do Ipanema, Coruripe, Batalha, Piranhas, Delmiro Gouveia, Barra de Santo Antônio e Palmeira dos Índios. Considerando ainda que alguns serviços não precisam de pouso no local específico da operação, o uso da aeronave torna-se possível em diversos locais do estado.

Para o comandante geral do CBMAL, coronel André Madeiro, a aeronave é um marco para a corporação. “Ela irá realizar as missões típicas de bombeiro, dando suporte e apoio à nossa tropa. Essa aeronave é um divisor de águas, pois irá potencializar nossas ações e com isso atingiremos um maior número de municípios alagoanos”, destacou o comandante geral.

Fonte: Ascom CBMAL / Texto: Thássia Santos

Comentários

MAIS NO TH