Cidades

2 de julho de 2020 10:13

Funcionária do Samu morre atropelada por caminhão após ser derrubada de moto

Motociclista também ficou ferido e foi socorrido para a UPA do Benedito Bentes

↑ Peritos fazem análise técnica no local da ocorrência (Foto: Cortesia/Alex Vinícius Vicente Melo)

Uma funcionária do Serviço Móvel de Urgência (Samu) identificada como, Cleonice Araújo da Silva, de 50 anos, morreu atropelada por um caminhão na manhã desta quinta-feira (2) na Avenida Alice Caroline, no Village Campestre, parte alta de Maceió.

Testemunhas relataram que a vítima descia de uma moto quando foi atingida por um caminhão, com o impacto teria caído e o veículo de grande porte passado por cima de sua perna e cabeça.

O motorista do caminhão fugiu sem prestar socorro. Câmeras de videomonitoramento instaladas na região poderão auxiliar a polícia na identificação do condutor.

Duas ambulâncias do Samu/192, sendo uma Unidade de Suporte Básico, para fazer o atendimento ao condutor da motocicleta, e uma Unidade de Suporte Avançado para atestar o óbito da vítima, foram liberadas para o local do acidente.

O motociclista foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Benedito Bentes com escoriações leves.

Uma equipe da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) esteve no local para confeccionar o boletim com as possíveis causas do acidente de trânsito. O documento ficará disponível em até cinco dias úteis.

Foto: Alex Vinícius Vicente Melo

O Instituto de Criminalística está no local fazendo os levantamentos cabíveis. O corpo será removido pelo Instituto Médico Legal (IML) para necropsia e liberado posteriormente para sepultamento.

Nota de Pesar

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência em Alagoas e a Secretaria de Estado da Saúde, em especial os servidores da Central Maceió do Samu Alagoas, lamentam com profundo pesar o falecimento da técnica de enfermagem Cleonice Araújo da Silva, 50 anos, vítima de um acidente de trânsito na manhã desta quinta-feira (02).

Cleonice Araújo era servidora do Samu Alagoas desde o ano de 2003, e atualmente estava atuando na Central de Materiais e Esterilização, da Central Maceió.

O Samu Alagoas e a Sesau se solidarizam, nesse momento de dor, com os amigos e familiares dessa servidora que era tão querida por todos os colegas de trabalho. E informa que o setor de psicologia da instituição já entrou em contato com a família de Cleonice e está dando total apoio psicológico.

Fonte: Tribuna Hoje / Ana Paula Omena

Comentários

MAIS NO TH