Cidades

13 de janeiro de 2020 20:51

Policiais civis de Alagoas farão paralisação de 72 horas a partir da próxima segunda

No Centro de Maceió, categoria exibiu faixas e gritou palavras de ordem

↑ Foto: Assessoria

Na tarde desta segunda-feira (13), em assembleia realizada no auditório do Sindicato dos Bancários, agentes e escrivães da Polícia Civil de Alagoas (PC/AL) decidiram parar as atividades da categoria por 72 horas a partir da próxima segunda-feira (20). Após a reunião, os policiais saíram em caminhada até o Palácio República dos Palmares, no Centro de Maceió.

Os agentes e escrivães reclamam que têm “o pior salário da segurança pública com nível superior em Alagoas”. De acordo com os policiais, o Governo do Estado também deve 16% de perdas salariais e ainda concedeu 29% de reajuste aos delegados, cujo salário inicial é seis vezes maior que o dos agentes e escrivães. Nesse sentido, os agentes e escrivães reivindicam o piso de nível superior no valor de R$ 6 mil.

Entre as dificuldades de trabalho relatadas pela categoria, constam problemas que, de acordo com os policiais, prejudicam investigações e conclusões de inquéritos.

De frente ao Palácio República dos Palmares, sede do Executivo Estadual, a categoria exibiu faixas e gritou palavras de ordem.

Fonte: Tribuna Hoje

Comentários