Brasil

6 de janeiro de 2017 09:06

Famílias são resgatadas na cidade de Rolante-RS após rompimento de açude

Os dois rios que cortam a cidade transbordaram isolando famílias

As equipes de resgate e emergência passaram a madrugada desta sexta-feira (6) realizando resgate e atendimento na cidade de Rolante, no Vale do Paranhana. A cidade que ficou quase totalmente submersa após o rompimento de um açude em São Francisco de Paula, na Serra, que fez com que os dois rios que cortam a cidade transbordassem. A prefeitura estima que 70% do município foi atingido e a ERS-239 foi bloqueada.

Bombeiros de seis cidades gaúchas foram destacadas para Rolante resgatando famílias que ficaram ilhadas na comunidade de Mascarada, a mais afetada. O nível da água começou a subir por volta das 18h durante o temporal, mas a situação se complicou durante a noite.

“A informação que tivemos foi a de que esse açude teria estourado às 16h. Veio a chuva às 18h e surgiram alagamentos na cidade, mas a água continuou subindo, e por volta das 21h era o caos’, conta o presidente do Corpo de Bombeiros Voluntários de Rolante, Tiago Rocha, dizendo que “casas inteiras foram levadas pela força da correnteza”.

Carro foi arrastado pela força da água durante enchente (Foto: Tiago Rocha/CBV de Rolante)

O açude está localizado a cerca de 20 quilômetros de Rolante, e após o rompimento toda a água desceu para o vale onde está localizado o município. “Recebemos diversos chamados de pessoas que estavam no telhado de casa, mas em algumas áreas tivemos dificuldade de acesso por conta da força da correnteza”, conta Rocha.

Veículos foram arrastados pela força da água, pontes foram destruídas, plantações foram devastadas, e animais morreram levados pela força da água, conforme a Defesa Civil da cidade. A estimativa é de que 90% dos animais da pecuária tenham morrido. No entanto, ainda não foram relatados casos de desaparecimentos.

Doações

A água começou a baixar pela manhã, e uma escola da cidade foi transformada em abrigo. Durante a manhã será feito um trabalho de verificação da extensão do estrago e o prefeito da cidade já teria sinalizado que decretará situação de emergência.

As doações estão sendo concentradas na sede dos Bombeiros Voluntários na Avenida Ten. Pedro Von Mullen, 630. Informações podem ser obtidas por meio do telefone (51) 3547-3108. Os itens mais necessários são água potável, alimentos e vestuário.

Cidade ficou praticamente submersa (Foto: Tiago Rocha/CBV de Rolante)

Fonte: G1

Comentários

MAIS NO TH