Brasil

27 de outubro de 2016 21:45

Torcedor cruzeirense que morreu em jogo teve múltiplos traumas

Testemunha acusa segurança de agredir homem durante partida no Mineirão

A Polícia Civil vai investigar a morte do torcedor do Cruzeiro que morreu após a partida do time contra o Grêmio, na noite desta quarta-feira (27), em Belo Horizonte. De acordo com uma Secretaria Municipal de Saúde, Eros Datilo Belizario, de 37 anos, chegou no hospital com múltiplas traumas. 

Segundo funcionários do ambulatório do estádio, Belizario passou mal durante o jogo, foi socorrido por brigadistas e foi levado até o posto médico. Ele recebeu os primeiros atendimentos e saiu do Mineirão ainda com vida. Em seguida, o torcedor foi socorrido para o Hospital Odilon Behrens.

De acordo com uma nota divulgada pela Secretaria Municipal de Saúde, o paciente chegou já sem vida na unidade de saúde, apresentando múltiplos traumas.

Alexandra Luciana de Abreu, que estava com o rapaz dentro do estádio, acusa seguranças de agressão quando Belizario tentava passar de um setor para o outro.

— O segurança deu um “mata-leão” e o levou para um “quartinho”. Em seguida, tamparam a boca e ele desmaiou. Depois, eles voltaram, colocaram no chão e chamaram o socorro.

A Minas Arena informou que prestou o atendimento imediato e lamenta o falecimento do torcedor. A concessionária não comentou a conduta dos seguranças.

A polícia instaurou um inquérito para os fatos e já ouviu os seguranças e testemunhas. O corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) de Belo Horizonte.

Fonte: R7 / Record

Comentários

MAIS NO TH