Polícia

10 de novembro de 2017 09:11

Sobrevivente em Batalha, policial civil apresenta melhora no estado de saúde

Joaquim Lins Neto, de 55 anos, está internado no Hospital de Emergência do Agreste, em Arapiraca

Um dos sobreviventes no atentado à bala que matou o vereador Adelmo Rodriges de Melo, o Neguinho Boiadeiro, 61, na tarde de ontem, na cidade de Batalha, o policial civil Joaquim Lins Neto, o Joaquim Pirauá, 55, continua internado no Hospital de Emergência Daniel Houly, em Arapiraca.

Joaquim Pirauá foi ferido com um tiro no ombro. Além dele, um assessor do vereador Neguinho Boiadeiro, conhecido como José Elson Oliveira da Silva, de 26 anos, levou um tiro no braço, foi atendido ontem mesmo no hospital, e depois liberado sob forte esquema de segurança.

De acordo com o último boletim médico, o policial civil Joaquim Pirauá passou por cirurgia e parmaneceu até ontem na ala vermelha do Hospital de Emergência do Agreste, em Arapiraca.

Ele está consciente, não corre risco de morte, e deve ser transferido hoje para uma enfermaria, para continuar a recuperação de sua saúde. 

Comentários

MAIS NO TH