Esporte

16 de setembro de 2017 20:26

Internacional vence Figueirense e reassume a liderança da Série B

Figueirense sabia que apenas uma vitória tiraria time do Z4 do torneio

Na chuvosa tarde deste sábado, o Internacional venceu o Figueirense pelo placar de 3 a 0 e retornou à liderança da Série B. Os gols foram marcados pelos atacantes William Pottker, Leandro Damião e Nico López. Com o resultado, o Colorado Gaúcho chega aos 45 pontos, mesmo número do América-MG, mas leva vantagem no critério de desempate, por possuir uma vitória a mais que o Coelho. Já o Figueirense permanece com 25 pontos e cai para a 18ª posição.

O Internacional entrou em campo sabendo que se vencesse assumiria a primeira colocação da Série B. Assim como o Figueirense sabia que apenas uma vitória tiraria o time do Z4 do torneio.

No Beira-Rio, um uma parte das arquibancadas foi fechada devido à estrutura do show do Bon Jovi que já foi montada. A apresentação da banda americana de rock ocorrerá dia 19 de setembro no estádio.

No lado colorado, o técnico Guto Ferreira teve apenas a ausência do zagueiro Klaus para o duelo. O jogador sofreu uma fratura no osso rádio e teve que passar por uma cirurgia. Assim, Ernando assumiu a posição. Já, no lado alvinegro, Milton Cruz não contou com Guilherme Lazaroni e Jorge Henrique, lesionados, e Zé Antônio, que recebeu o terceiro cartão amarelo e cumpriu suspensão. O treinador optou por colocar João Lucas, Xuxa e Pereira como substitutos.

O JOGO

A forte chuva que caia em Porto Alegre desde quarta-feira deixou o gramado do Beira-Rio bastante molhado e fazia com que a bola corresse mais rápido que o normal. Com isso, os jogadores erraram bastante passes no jogo.

O Internacional abriu o placar no primeiro ataque. Aos 3 minutos, o lateral esquerdo Uendel recebeu a bola e cruzou para a área. A redonda passou por todo mundo e o atacante William Pottker apareceu na segunda trave dando um carrinho e empurrando para o fundo das redes.

Em uma rápida jogada pela direita, Leandro Damião invadiu a área, mas no momento em que tentou fazer a assistência para o centro, o zagueiro Leandro Almeida cortou a bola e afastou para o meio de campo.

Aos 10 minutos, em outro lance pela direita de ataque, o lateral Claudio Winck carregou a bola até a entrada da área e arriscou uma finalização rasteira, tentando aproveitar o gramado molhado. O goleiro Saulo realizou a defesa em dois tempos.

O Figueirense teve boa oportunidade com Henan aos 21 minutos. Após cruzamento da direita, o atacante apareceu livre na área para cabecear com muito perigo, mas o goleiro Danilo Fernandes fez grande defesa espalmando para escanteio.

O Inter começou a crescer na partida. Aos 35 do primeiro tempo, em avanço pela esquerda, Eduardo Sasha recebeu na entrada da área e tentou uma conclusão colocada no canto oposto ao defendido por Saulo, mas a bola subiu muito e saiu pela linha de fundo.

Cinco minutos depois, Uendel invadiu a área pela esquerda e cruzou buscando Pottker, mas a zaga do Figueirense afastou. No rebote, o volante Edenílson ficou com a bola na entrada da área, passou pela marcação e finalizou com força para mais uma boa defesa do goleiro Saulo.

SEGUNDO TEMPO

O Internacional voltou para o campo com uma mudança. O lateral direito Claudio Winck foi substituído por Alemão. O jogador colorado teria sentido dores na coxa direita após colidir com o goleiro Saulo em um lance do primeiro tempo. O Figueirense retornou do vestiário com a mesma equipe que terminou a etapa inicial.

O segundo gol colorado veio aos 7 minutos. Após D’Alessandro cobrar escanteio, o atacante Leandro Damião apareceu sozinho na área e, de peixinho, balançou as redes para o Internacional. Após o tento, a torcida mandante começou a gritar: “ão, ão, ão, terceira divisão”, provocando o torcedor do Figueirense presente no Beira-Rio.

O time visitante tentou responder com Zé Love, que chutou cruzado para área, buscando Henan, mas o zagueiro Victor Cuesta apareceu desviando a bola para escanteio.

Aos 14 minutos, o atacante William Pottker deu uma arrancada espetacular. O jogador saiu do campo de defesa do Internacional carregando a bola e, sem ninguém marcando, passou por todo o campo até chegar na área adversária. Quando estava cara-a-cara com o goleiro tocou para Leandro Damião, que aparecia pelo meio, mas a conclusão de Damião parou no volante Abuda.

O Inter quase marcou o terceiro aos 25 minutos. Em jogada pela esquerda, Uendel cruzou para a área pequena e encontrou Leandro Damião livre. O atacante cabeceou com muita força, mas a bola passou tirando tinta do travessão.

O Colorado dominava o duelo no Beira-Rio com tranquilidade. Aos 32 minutos, o uruguaio Nico López lançou para William Pottker, que ao dominar no peito driblou a marcação, mas no momento da conclusão a bola subiu muito e saiu longe da meta.

A pressão vermelha era infernal para os visitantes. Aos 36 minutos, William Pottker fez jogada pela esquerda e levantou a bola na área. Nico López dominou mal e Damião, quase de voleio, chutou. Porém, a bola desviou nas costas do marcador e saiu para escanteio.

Um minuto depois, Nico López marcou o terceiro dos donos da casa. O lateral Uendel fez fila pela esquerda, invadiu a área e tocou para o uruguaio que apenas precisou empurrar para dentro do gol e sair para a festa.

Na melhor chance do Figueirense na partida, o atacante Nicolas Careca, dentro da área, acertou o travessão da goleira defendida por Danilo Fernandes.

Ainda antes do apito final, D’Alessandro cruzou para a área e Damião tentou de carrinho, mas a bola subiu muito e passou por cima da meta.

Os dois times retornam a campo no próximo sábado, às 16h30 (de Brasília), pela 25ª rodada da Série B. No Lacerdão, o Internacional encara o desesperado Náutico, enquanto o Figueirense enfrenta o lanterna ABC no Orlando Scarpelli.

Fonte: Fonte: Gazeta Esportiva

Comentários