Cooperativas

8 de Março de 2018 17:55

Experiência com cooperativas em Maceió é levada para Marechal Deodoro

Experiência da capital com a contratação das cooperativas de catadores será repassada para implantação da coleta seletiva porta a porta na cidade vizinha

↑ Davi Maia, gestor da Slum, levou experiência de Maceió com a coleta seletiva a Marechal Deodoro (Foto: Assessoria da Superintendência de Limpeza Urbana de Maceió)

Na terça-feira (06), Davi Maia, superintendente de Limpeza Urbana de Maceió, esteve em Marechal Deodoro para apresentar à Secretaria de Meio Ambiente a experiência da capital com a contratação das cooperativas de catadores para a implantação da coleta seletiva porta a porta na cidade.

Na ocasião, Maia apresentou ao secretário Matheus Gonzalez como é a relação da Prefeitura de Maceió com as cooperativas e quais foram os principais desafios que foram enfrentados.

“Fico muito feliz de dividir essas informações com outros municípios. Em Maceió, tivemos um processo pioneiro que reuniu muitos esforços. Levando nossa experiência a outros lugares tenho certeza que quem ganha somos nós e o meio ambiente”, comentou o superintendente Davi Maia.

Reunião com a Secretaria de Meio Ambiente de Marechal Deodoro. Foto: Ascom Slum

Reunião com a Secretaria de Meio Ambiente de Marechal Deodoro (Foto: Assessoria da Superintendência de Limpeza Urbana de Maceió)

Em maio do ano passado, a Prefeitura contratou quatro cooperativas de recicladores para realizar a coleta seletiva porta a porta na cidade. Nesse primeiro momento, são atendidos os bairros de Cruz das Almas, Pontal, Ponta Verde, Jatiúca, Mangabeiras, Benedito Bentes, Serraria, Antares e Jacarecica. Mas os moradores de bairros ainda não atendidos também podem praticar a coleta seletiva. Para isso, a cidade conta com os Pontos de Entrega Voluntária (PEV), onde os moradores pode deixar o material reciclável.

Fonte: Assessoria da Superintendência de Limpeza Urbana de Maceió

Comentários

MAIS NO TH