Cidades

14 de junho de 2018 16:33

Cabo do Exército acusado de tentativa de homicídio deve ir a júri popular

Crime teria sido motivado por disputa de pontos para a venda de drogas

↑ Cabo do exército deve ir a júri (Foto: Elias Medeiros / Reprodução)

O juiz Sóstenes Alex Costa de Andrade, da 7ª Vara Criminal de Maceió, determinou que o cabo do Exército João Vitor Andrade da Silva seja levado a júri popular pela tentativa de homicídio contra João Daniel de Lemos, ocorrida em maio de 2017. A data da sessão ainda será definida.

O crime ocorreu no Conjunto João Sampaio, na Capital, e teria sido motivado por uma suposta ameaça de morte feita por João Daniel ao acusado, decorrente da rivalidade entre os dois no controle do tráfico de drogas da região.

De acordo com a denúncia do Ministério Público, a vítima foi encontrada em estado grave baleada pelas costas, dentro de uma igreja. João Vitor foi detido e, em depoimento, confessou o crime. Em buscas feitas na casa do réu, foram encontradas drogas, munição e um revólver, além de uma balança de precisão e dinheiro.

O réu será julgado por tentativa de homicídio qualificado (motivo torpe). A decisão de pronúncia foi publicada no Diário de Justiça Eletrônico desta quinta-feira (14).

Fonte: Dicom do Tribunal de Justiça de Alagoas / Texto: Nathaly Correia

Comentários

MAIS NO TH