Cidades

16 de dezembro de 2017 13:38

Sinpofal defende posto avançado em Maragogi

Uma antiga reivindicação dos policiais federais alagoanos ganhou força nas últimas semanas. Através do Sinpofal, que é o sindicato da categoria em Alagoas, os policiais federais pedem urgentemente a criação do posto avançado da PF na cidade de Maragogi, que atenderia todo o Litoral Norte, com olhar mais atento para a região da Rota Ecológica.

O objetivo seria de agilizar a confecção de passaportes e concessão do porte de armas para os moradores da região norte, bem como para o atendimento à população, ajudando no combate à criminalidade de competência da Polícia Federal (PF), em especial o combate ao tráfico de drogas, assaltos aos bancos, crimes ambientais, fraudes e os desvios de recursos públicos.

Resultado de imagem para Flavio moreno sinpofal

Em entrevista a Tribuna Independente, o presidente do Sindicato dos Policiais Federais em Alagoas (Sinpofal) e Conselheiro da Ordem dos Policiais do Brasil, agente federal Flávio Moreno, afirmou que “a implantação do posto avançado da PF em Maragogi, tanto quanto a presença da Polícia Federal, garante segurança e atrai o desenvolvimento”.

O presidente foi claro em explicar a necessidade da criação desse posto avança do, ganhando automaticamente amplo apoio da população e da sociedade civil organizada. Maragogi, com mais de 30 mil habitantes e o segundo polo hoteleiro de Alagoas, como todo o litoral norte, tem uma vocação natural para o turismo. Para Flávio Moreno, a falta de segurança e infraestrutura reprime o potencial turístico e econômico da região.

Nessa simples comparação, ele mostra que a região poderia ter milhares de empregos a mais, além de estabelecimentos comerciais, hotéis e resorts.

Enquanto Gramado, no Rio Grande do Sul, que tem pouco mais de 34 mil habitantes, recebe na alta temporada, que vai de outubro a janeiro, mais de 2 milhões de turistas, toda Alagoas, em sua alta temporada, recebe apenas 500 mil turistas.

Para ele, quanto mais segurança, mais desenvolvimento. Na entrevista, o agente Flávio Moreno defende, além do posto avançado de Maragogi, outro para Arapiraca, devido a sua importância econômica para o agreste, e solicita o reforço urgente do policiamento federal aeroportuário no aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares e Porto de Maceió, para garantir maior segurança à população e um eficiente combate à criminalidade, nas duas principais portas de entrada do Estado.

Fonte: Tribuna Independente / Cláudio Bulgarelli

Comentários