Esporte

17 de agosto de 2019 09:18

CSA encara o Fluminense no Maracanã

Times estão na parte de baixo da tabela e precisam de pontos no duelo deste domingo (18) para fugir da zona de rebaixamento

↑ Dawhan deve começar como titular no time do CSA diante do Fluminense neste domingo no Maracanã (Foto: Ascom CSA)

O Fluminense tem pela frente o CSA neste domingo (18). A bola rola às 16h no Maracanã, pela 15ª rodada do Brasileirão. Para este confronto direto da parte de baixo da tabela, os times estão pressionados. Sem contar com o meia Didira, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o técnico Argel Fucks optou pelo volante Naldo no time titular.

A ideia do comandante azulino é aumentar o poder de marcação diante do Tricolor das Laranjeiras. Fucks também promoveu a entrada de Dawhan na vaga de Jean Kléber, com mais mobilidade no meio-campo.

Apesar de já ter atuado como segundo volante, o argentino Jonatan Gómez será o responsável pela criação do time, atuando mais avançado. No ataque, Maranhão ganhou mais uma oportunidade, entrando no lugar de Ricardo Bueno. Argel ainda promoveu algumas alterações. Hector Bustamante substituiu Maranhão, enquanto Jean Kléber retornou na vaga de Naldo.  Apesar das mudanças, a provável escalação não deve fugir de Jordi; Apodi, Alan Costa, Luciano Castán e Carlinhos; Naldo, Dawhan, João Vitor e Jonatan Gómez; Maranhão e Alecsandro.

Criado na base do Corinthians, Dawhan falou que sempre assiste aos jogos do Fluminense e sabe um pouco do estilo de jogo da equipe de Fernando Diniz. “Gostam bastante de ficar com a bola. No momento certo, nós teremos chances e temos que matar o jogo para que a gente possa respirar. Eles jogam muito pelo meio, preenchem o meio-campo. O treino hoje foi de muita força e muita marcação, para defendermos bem. Vão estar com o apoio da torcida, mas sempre falo que são 11 contra 11. Somos jogadores experientes, não tem pressão”.

FLUMINENSE

O técnico Fernando Diniz pode contar com algumas novidades. As surpresas podem ser duas. O primeiro nome é Lucão. O recém-contratado pode aparecer na equipe, dependendo claro de sua regularização. Outro fator que complica sua estreia no Fluminense neste final de semana é o seu condicionamento físico. O atacante não entra em campo por um jogo oficial desde o dia 14 de maio.

Quem reúne mais chances de atuar é Mascarenhas. O lateral-esquerdo está recuperado da sua lesão e desde a semana passada vem treinando com o restante do elenco do Fluminense. O jogador pode aparecer na formação inicial ou mesmo ficar como opção no banco de reservas. Para este jogo, o técnico Fernando Diniz não poderá contar com o atacante Pedro, lesionado. Por isso a possibilidade de utilizar Lucão. Caso contrário, João Pedro deve ser a opção mais provável. Ele formaria o ataque juntamente com Marcos Paulo e Yony González. Outro que está fora do lado do Fluminense é o experiente meia Nenê. Ele está suspenso.

 

Fonte: Tribuna Independente

Comentários