Entretenimento

25 de março de 2020 16:12

‘Éramos Seis’: Filha de Lola, Isabel dá à luz à menina

Na reta final da novela 'Éramos Seis', Isabel (Giullia Buscacio) vai se tornar mamãe. Depois de uma nova passagem de tempo, a mulher de Felício (Paulo Rocha) vai aparecer ao lado de Cecília.

↑ Foto: TV Globo

Os últimos capítulos da novela “Éramos Seis” vão reservar dias felizes para Lola (Gloria Pires). Diferentemente do que ocorreu nas quatro versões anteriores do romance de Maria José Dupré (1958, 1967, 1977 e 1994), a protagonista não vai terminar sozinha em um asilo. Além do casamento com Afonso (Cássio Gabus Mendes), a doceira vai ganhar uma neta, Cecília, filha de Isabel (Giullia Buscacio), e Felício (Paulo Rocha). Quem antecipa é o colunista de TV Daniel Castro neste domingo (22) – o folhetim de Ângela Chaves termina na sexta-feira.

Mas até lá, Lola vai sofrer e muito. Primeiro, após muitas desavenças, Soraia (Rayssa Bratillieri) força o marido, Julinho (André Luiz Frambach) a mandá-la de volta para São Paulo e morar com Isabel. A jovem recebe a mãe em sua casa, mas a viúva de Júlio (Antonio Calloni) logo não se adapta a nova casa. Por isso, passa o dia na rua. E é em uma dessas saídas que Lola dá de cara com Inês (Carol Macedo). A mulher de Lúcio (Jhona Burjack), preso por envolvimento com partido político ilegal, vai esconder do pai o retorno da ex-sogra por ficar com medo que ela descubra que o seu filho é fruto do relacionamento com Alfredo (Nicolas Prattes).

‘ÉRAMOS SEIS’: JULINHO REPROVA CASAMENTO DA MÃE

Só que a volta de Lola logo se espalha e chega aos ouvidos do quitandeiro, que resolve peitar a filha, colocando em risco o seu segredo. A essa altura, a matriarca dos Lemos já estará morando no asilo da Madre Joana (Nicette Bruno, atriz que viveu Lola na terceira versão da história). Após muita insistência de Afonso, a doceira decide deixar o local e assumir seu amor por ele. Para reprovação de Julinho, que não prestigia a cerimônia, os dois se casam no quintal da casa de Maria (Denise Weinberg), mãe da noiva.

LOLA VIRA AVÓ CORUJA NO FIM DA NOVELA ‘ÉRAMOS SEIS’

O folhetim de Ângela Chaves iniciado no começo dos anos 1920 enfrenta outra passagem de tempo e chega a 1940. Lola vai se mostrar avó coruja de Cecília e também de León, filho de Inês e Alfredo, que ganha final feliz com Adelaide (Joana de Verona). A doceira seguirá acreditando que o menino é herdeiro de Lúcio.

Fonte: Purepeople / Guilherme Guidorizzi

Comentários

MAIS NO TH