Cooperativas

31 de julho de 2020 13:14

Feirão de Agronegócios facilita acesso a serviços e produtos financeiros a produtores

Produtos, serviços e financiamentos com taxas competitivas proporcionam desenvolvimento aos cooperados produtores rurais

↑ Sicoob (Imagem: Ilustração)
Nesta sexta-feira (31), o Sicoob – Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil – inicia seu primeiro Feirão de Agronegócios totalmente virtual. O evento oferece aos cooperados a possibilidade de acessar ofertas e negociar maquinário, equipamentos, insumos, gado de corte, sêmen, entre outros, diretamente com fornecedores.

“Este Feirão será muito importante para o desenvolvimento do agronegócio brasileiro, porque vai oferecer produtos e serviços, além de financiamentos com taxas competitivas, proporcionando maior progresso aos produtores”, afirma Raphael Silva Santana, gerente de Agronegócios do Sicoob. Realizado por meio do App Sicoob Moob, o Feirão visa preencher o espaço que as grandes feiras de agronegócios, postergadas por conta da pandemia do novo coronavírus, deixaram no mercado.

A partir do início do evento, que vai até 7 de agosto, os cooperados poderão acessar a plataforma e visualizar as oportunidades anunciadas pelos fornecedores. Serão mais de 1.000 itens anunciados por 170 fornecedores. O contato entre o cooperado e o fornecedor é realizado dentro do próprio Moob, assim como as tratativas para os financiamentos das cooperativas. “É uma ótima oportunidade de realizar negócios de forma virtual, prática e segura, contando com ótimas condições”, diz o executivo.

Além do Feirão, o Sicoob tem se mostrado um grande apoiador do agronegócio brasileiro. Este mês, anunciou a liberação de até R$ 16 bilhões no Plano Safra 2020/2021, alocando os recursos em diferentes linhas e conferindo alta competitividade para o Sistema no mercado. O valor é 33% maior do que os recursos cedidos no ano-safra anterior.

“Quando os cooperados buscam as cooperativas para acessar crédito, além de encontrarem taxas mais justas do que as praticadas no mercado, também ajudam no resultado financeiro das mesmas. Isso contribui para o crescimento do cooperativismo e, também, das comunidades em que as cooperativas estão inseridas”, explica Raphael.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH