Cidades

7 de maio de 2021 10:20

Produtores de eventos e músicos protestam em frente ao Palácio do Governo

Grupo pede ao governador Renan Filho, flexibilização do decreto e retorno imediato ao trabalho

↑ Participaram produtores de eventos, djs, decoradores, músicos e outros (Foto: Edilson Omena)

Produtores de eventos, cantores e músicos de Alagoas realizam protesto em frente ao Palácio do Governo. Eles pedem a flexibilização do decreto e o retorno ao trabalho.

Segundo os manifestantes, a situação é grave e desde que à pandemia da Covid-19 iniciou, o setor foi o mais afetado. Eles contam que muitos artistas estão passando necessidades porque não estão conseguindo trabalhar, e o auxílio emergencial não atende a necessidade de todos.

A cantora Gabi Leite relata um pouco da situação que a categoria vem vivendo nesses quase um ano e meio de pandemia e distanciamento social.

“Não queremos empréstimos e nem auxílio, estamos pedindo para voltar ao trabalho. Temos propostas para trabalhar de forma segura. Tudo voltou menos o nosso setor. Queremos que Renan Filho, analise as propostas e veja o nosso caso. Não é justo tudo funcionar e a gente continuar impedidos – temos que trabalhar para pagar nossas contas é isso que pedimos’’, fala Gabi Leite.

Gabi Leite – Cantora (Foto: Edilson Omena)

O cantor James Barros também falou das dificuldades enfrentadas. “Não é só os músicos, cantores, é todo um setor – fornecedores, decoradores, dj’s entre outros que trabalham de forma direta e indireta. O auxílio não comporta a necessidades de todos. Fora isso todos temos famílias e despesas, as contas chegam. Precisamos retornar de imediato’’.

Os manifestantes fizeram ainda alusão às festas. Alguns se vestiram de noivos, palhações e fizeram uma espécie de decoração em espaço da Praça dos Martírios no Centro de Maceió.

Foto: Edilson Omena

Fonte: Tribuna Hoje

Comentários

MAIS NO TH