Brasil

15 de Maio de 2018 09:00

Pai e bebê viram reféns e são sequestrados em roubo a padaria em SP

Câmeras flagram quando vítimas são levadas para carro, após dupla roubar funcionários e clientes de padaria. Ninguém foi preso

↑ Assaltante fez pai e filho refém durante assalto à padaria em Registro, no Vale do Ribeira (Foto: G1 Santos)

Dois criminoso roubaram uma padaria em Registro, no Vale do Ribeira, interior de São Paulo, no último domingo (13). No fim da ação, um dos assaltante fez refém um homem que segurava o filho de colo no estabelecimento. Toda a ação foi flagrada pelas câmeras de monitoramento do local.

De acordo com o apurado pelo G1, o crime aconteceu em um estabelecimento no bairro Caiçara 1. Dois assaltantes armados chegaram à padaria ameaçando funcionários e clientes. Um deles ficou do lado de fora, enquanto o comparsa pegou o dinheiro do caixa e bens das pessoas.

Nas imagens, é possível notar quando o criminoso anda várias vezes com o revólver na mão. Primeiro, ele pega o dinheiro do caixa, e em seguida, rouba um dos clientes que está no corredor, ao lado do homem que segura a criança.

Em outro trecho, ele faz menção de ir embora, mas volta, ainda com o revólver na mão, e puxa o homem com o filho. Na outra câmera, já do lado externo, ele obriga que pai e filho entrem no carro de fuga, ainda sob a mira da arma.

Segundo a Polícia Civil, o assaltante exigiu que o refém o deixasse em um local mais distante do centro. Já o outro comparsa fugiu da padaria roubando uma motocicleta que estava estacionada no local. O paradeiro de ambos é incerto e eles não foram identificados.

De acordo com o investigador Denílson Lara, equipes da Polícia Civil seguem em apurando o caso . “A intenção é identificar o mais breve possível os autores”, afirma. Nenhuma das vítimas levadas sofreu ferimentos. “Ele [assaltante] só usou a família para a fuga”.

Ainda segundo Lara, do estabelecimento foram levadas mercadorias e o dinheiro do caixa. O caso segue sob responsabilidade da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Registro, que ao longo da semana, vai registrar o depoimento das vítimas.

Fonte: G1

Comentários

MAIS NO TH